Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Com UTIs lotadas, 13,19% da população de SP já não tem como recorrer a hospitais

    Segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde, quase 70 municípios do estado já atingiram 100% de ocupação dos leitos de UTI para Covid-19

    Atendimento médico em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes de Covid-19
    Atendimento médico em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes de Covid-19 Foto: Mister Shadow/Estadão Conteúdo

    Rafaela Lara, da CNN, em São Paulo

    O estado de São Paulo atingiu 89,9% de ocupação nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nesta terça-feira (16). Com a sobrecarga no sistema de saúde, 67 cidades do estado já atingiram 100% de ocupação de leitos para Covid-19 – sete estão na Grande São Paulo, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde. 

    Com isso, 13,19% da população do estado já não tem mais como recorrer a um leito de UTI nos hospitais.

    Ao menos 1.400 pessoas infectadas pelo novo coronavírus estão na fila de espera por um leito no estado de São Paulo. 

    Desde o início deste mês, o estado registou aumento de 40,8% no número de internações por Covid-19 em UTIs. 

    Dados divulgados pelo governo estadual, confirmam que são 10.756 pacientes em UTI e 14.236 em enfermaria. Com isso, são mais de 24 mil pessoas internadas (UTI + enfermaria) em toda a rede hospitalar.

    No Brasil, já são 16 estados em colapso, com taxas de ocupação de leitos de UTI superiores a 90%. 

    Recordes de mortes no estado

    Diante da atual situação do sistema de saúde, São Paulo bateu recorde de mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas na noite desta terça-feira (16)

    De acordo com os dados, foram 679 mortes, somando 64.902 vítimas do novo coronavírus em São Paulo, estado brasileiro com maior número de casos e mortes. 

    No total, o estado de São Paulo tem 2.225.926 casos de Covid-19, sendo que nas últimas 24 horas, mais 17.684 pessoas foram diagnosticadas com a doença. 

    Brasil tem pior dia da pandemia 

    Enterro de vítima da Covid-19 no cemitério da Vila Formosa, em São Paulo (SP)
    Enterro de vítima da Covid-19 no cemitério da Vila Formosa, em São Paulo (SP)
    Foto: Amanda Perobelli – 26.jun.2020/Reuters

    O Brasil atingiu um novo recorde de mortes por Covid-19 na noite desta terça-feira (16). Foram 2.841 óbitos nas últimas 24 horas, puxados principalmente pelos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul e Paraná.