Coronavac reduziu em 88% mortes de pessoas com mais de 70 anos no Brasil, diz governo de SP

Média semanal de mortes por Covid-19 no estado caiu de 353 por dia, em 28 de março, para 51, em 20 de agosto, de acordo com dados divulgados em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (15)

Profissional da saúde prepara vacina da Coronavac contra a Covid-19 para aplicação em São Paulo
Profissional da saúde prepara vacina da Coronavac contra a Covid-19 para aplicação em São Paulo Governo do Estado de São Paulo

Lucas RochaTainá FalcãoBeatriz Araújoda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

A vacinação contra a Covid-19 com a Coronavac reduziu em 88% as mortes pela doença de pessoas acima de 70 anos no Brasil. A informação foi dada pelo governador de São Paulo, João Doria, em coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (15).

Segundo Doria, a estimativa foi feita a partir de dados do Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) do Ministério da Saúde, que apontaram que a média semanal de mortes por Covid-19 de pessoas com 70 anos ou mais caiu de 1.316 por dia, em 28 de março, para 164 óbitos por dia em 20 de agosto. A queda de 88% considera todo o território nacional.

“A vacina do Butantan foi fundamental nesta queda de quase 90% de mortes pela Covid-19 entre os idosos. Oito em cada dez idosos com mais de 70 anos recebeu as duas doses da vacina Coronavac”, disse Doria.

No estado de São Paulo, as estatísticas apresentam resultado semelhante, com redução de 86% no número de óbitos. A média semanal de mortes por Covid-19 entre pessoas com mais de 70 anos no estado caiu de 353 por dia, em 28 de março, para 51, em 20 de agosto.

Segundo Doria, o Instituto Butantan entregou nesta quarta-feira 6,9 milhões de doses da Coronavac para o Ministério da Saúde, sendo 5,1 milhões que encerram o contrato de 100 milhões de vacinas com a pasta e 1,8 milhões de doses que darão início ao processo de substituição dos lotes suspensos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A perspectiva do governo de São Paulo é de que todas as doses sejam substituídas até o dia 29 de setembro.

Cobertura vacinal

De acordo com os dados do governo de São Paulo, 97,38% da população adulta, maior de 18 anos, do estado já foi vacinada com pelo menos uma dose, 61,80% apresenta esquema vacinal completo. Quando os dados são comparados com a população em geral, os índices são de 80,10% da população com pelo menos uma dose e 47,44% com o esquema vacinal completo.

O estado de São Paulo registrou, até o momento, 4.302.511 casos e 147.641 óbitos de Covid-19. A taxa de ocupação dos leitos de UTI está em 31,86% no estado e 38,65% na Grande São Paulo. O número de internados em UTI é 2.565 e em enfermarias chega a 2.805.

Mais Recentes da CNN