Vinte capitais aplicam a terceira dose da vacina contra Covid-19

João Pessoa, na Paraíba, e Porto Velho, em Rondônia, iniciam esta fase da imunização nesta quarta-feira (15)

Vacina da Pfizer contra a Covid-19
Vacina da Pfizer contra a Covid-19 Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF

Rafaela LaraJulyanne Jucáda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Vinte capitais brasileiras já começaram a aplicar a terceira dose da vacina contra a Covid-19 em sua população, segundo um levantamento feito pela Agência CNN nesta quarta-feira (15).

A aplicação desta dose de reforço se destina às pessoas que fizeram algum tipo de transplante ou que tomaram a segunda dose (ou dose única) há pelo menos 28 dias, de acordo com o Ministério da Saúde.

Idosos acima de 70 anos, que completaram o ciclo vacinal há 6 meses, também devem receber mais uma dose das vacinas contra a Covid-19.

De acordo com a recomendação do Ministério da Saúde, o reforço vacinal vale para quem tomou qualquer vacina e será realizado, preferencialmente, com uma dose da Pfizer.

Na falta deste imunizante, a alternativa deverá ser feita com as vacinas de vetor viral, Janssen ou AstraZeneca.

Capitais que já iniciaram a aplicação da terceira dose:

  • São Paulo (SP)
  • Rio de Janeiro (RJ)
  • Salvador (BA)
  • São Luís (MA)
  • Campo Grande (MS)
  • Curitiba (PR)
  • Goiânia (Go)
  • Fortaleza (CE)
  • Belo Horizonte (MG)
  • Recife (PE)
  • Rio Branco (AC)
  • Vitória (ES)
  • Florianópolis (SC)
  • Porto Alegre (RS)
  • Rio Branco (AC)
  • Boa Vista (RR)
  • Palmas (TO)
  • Aracaju (SE)
  • João Pessoa (PB)
  • Porto Velho (RO)

Duas capitais iniciam a aplicação da terceira dose nesta quarta: João Pessoa (PB), Porto Velho (RO)

Macapá, capital do Amapá, deve começar o reforço vacinal nesta quinta-feira (16) para pessoas acima de 85 anos, imunodeprimidos e transplantados.

Outras seis capitais e o Distrito Federal não divulgaram previsão para iniciar esta fase da imunização.

Idosa recebe vacina contra Covid-19 no Rio de Janeiro / 05/02/2021 REUTERS/Pilar Olivares

Dentre as capitais que ainda não iniciaram a aplicação da dose de reforço, o Distrito Federal alega que espera novo carregamento de doses e uma nota técnica do Ministério da Saúde com as orientações para aplicação.

Em Cuiabá, no Mato Grosso, esta fase da imunização da população ainda não começou porque ainda não houve a entrega das doses.

No Amazonas, a secretaria municipal de Saúde de Manaus aguarda o envio de doses, pelo Ministério da Saúde, para essa finalidade.

Em Belém (PA), Teresina (PI), Natal (RN) e Maceió (AL) as secretarias de Saúde aguardam o envio de doses e de nota técnica do Ministério da Saúde para definição de calendário e início da aplicação da terceira dose.

Mais Recentes da CNN