Correspondente: Se infectados, vacinados contra Covid-19 apresentam casos leves

Neurocirurgião Fernando Gomes tirou dúvidas enviadas pelos telespectadores da CNN sobre a vacinação

Raphael Florêncio, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Na edição desta quarta-feira (7) do quadro Correspondente Médico, do Novo Dia, o neurocirurgião Fernando Gomes tirou dúvidas enviadas pelos telespectadores. Um deles questionou sobre efeitos da infecção da Covid-19: pessoas vacinadas que são infectadas não deveriam ter efeitos mais leves da doença?

“Sim, é exatamente isso que acontece. Mas não existe uma regra absoluta e lógico que temos exceções”, afirmou Gomes. “Quando observamos as eficácias finais, por exemplo, 100% de eficácia contra casos graves ou óbitos, quer dizer que naquela população [testada] nenhum desfecho negativo aconteceu.”

“Mas, repetindo, não é uma regra absoluta. De repente, uma pessoa foi vacinada e por motivo biológico dela mesma o sistema imunológico não foi estimulado de forma suficiente a ponto de bloquear uma manifestação clínica grave da doença. Ou ela tem fatores de risco subjacentes, como, por exemplo, a obesidade, que mesmo a pessoa tendo sido vacinada, tem desfecho negativo [para a Covid-19]”, completou o especialista.

quadro Correspondente Médico
No quadro Correspondente Médico, dr. Fernando Gomes tirou dúvidas enviadas por telespectadores
Foto: CNN Brasil (7.abr.2021)

Mais Recentes da CNN