Crianças têm baixa taxa de transmissão de Covid-19, aponta estudo da Fiocruz

Pesquisa, realizada com 667 crianças e jovens moradores de comunidade do Rio entre maio e setembro de 2020, apontou infecção de 13,9%

Lucas Janone, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

 

A probabilidade de uma criança ser infectada por um adulto com Covid-19 é maior que a chance dela passar o vírus para outras pessoas. A conclusão foi divulgada, nesta segunda-feira (10), pelo Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI), um dos laboratórios da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro. 

O estudo analisou dados de 323 crianças (de 0 a 13 anos), 54 adolescentes (14 a 19 anos) e 290 adultos, entre maio e setembro de 2020. Todos são moradores da comunidades de Manguinhos, bairro da Zona Norte do Rio, onde a Fiocruz está sediada. De acordo com os cientistas, apenas 45 crianças testaram positivo para o novo coronavírus (13,9% do total). 

O estudo mostra ainda que a infecção foi mais frequente em crianças com menos de 1 anos (25%) e na faixa de 11 a 13 anos (21%). Todas as que testaram positivo tiveram contato com um adulto ou adolescente com sinais recentes do novo coronavírus.

Intitulado A dinâmica da infecção de SARS-CoV-2 em crianças e contatos domiciliares em uma comunidade pobre do Rio de Janeiro, o artigo produzido pelo INI foi publicado na revista Pediatrics, da Sociedade Americana de Pediatria (SBP), após ser revisado pela comunidade científica. 

Para os pesquisadores, “as crianças incluídas no estudo não parecem ser a fonte da infecção de SARS-CoV-2 e mais frequentemente adquiriram o vírus de adultos”, segundo um trecho do estudo.

Volta das aulas presenciais no Rio

Pauta de muita discussão na cidade do Rio de Janeiro, o retorno presencial às aulas foi defendido pelos cientistas envolvidos na pesquisa. De acordo com eles, entretanto, medidas preventivas devem continuar sendo seguidas.   

“Nossas descobertas sugerem que em cenários como o estudado, escolas e creches poderiam potencialmente reabrir se medidas de segurança contra a Covid-19 fossem tomadas e os profissionais adequadamente imunizados”, diz outro trecho.

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação esclareceu à CNN que 1.310 escolas da rede municipal funcionam atualmente com aulas presenciais na cidade. De acordo com a prefeitura, nenhum aluno contraiu Covid-19 em escolas municipais.

Mais Recentes da CNN