Decisão sobre passaporte da vacina sai nesta semana, diz secretário à CNN

Secretário-executivo do Ministério da Saúde afirma que corpo técnico vai discutir, também, sobre inclusão de outros 4 países que podem ter voos proibidos para o Brasil

Da CNN

em Brasília

Ouvir notícia

A exigência do comprovante de vacinação para entrada no Brasil é um dos temas que será debatido pelo corpo técnico do Ministério da Saúde nesta segunda-feira (29), segundo informou o Secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, à CNN.

“É uma decisão colegiada, em que participam Ministério da Infraestrutura, Ministério da Justiça e Casa Civil. Isso está sendo amadurecido dentro do Ministério e também será levado a discussão hoje ainda para uma deliberação de ministros até o final dessa semana.”

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou duas notas técnicas na última quinta-feira (25) com orientações sobre a entrada de viajantes no país.

Uma das notas recomenda a imposição de que o viajante esteja com a vacinação completa como requisito para entrada no país pelas fronteiras terrestres.

A outra, cria um alerta para a necessidade de revisão da política de fronteiras brasileira, com a inclusão da cobrança do comprovante de vacinação.

O secretário afirmou que está na pauta de discussão desta segunda-feira (29) a possível proibição de entrada de voos de mais quatro países no Brasil.

No sábado (27), voos que tenham origem ou passagem pela República da África do Sul, República de Botsuana, Reino de Essuatíni, Reino do Lesoto, República da Namíbia e República do Zimbábue foram barrados de entrar no país.

“Vamos conversar ao nível técnico com Casa Civil, Ministério da Infraestrutura e Ministério da Justiça acerca da recomendação da Anvisa para fechamento da entrada de mais quatro países”.

Rodrigo complementou dizendo que até o final desta segunda a discussão deverá ser finalizada e encaminhada para a decisão do colegiado de ministros. Em virtude disso, voos de quatro outros países poderão ser barrados.

“Por enquanto a recomendação é para o monitoramento destes passageiros que tiveram nos seis países discriminados na Portaria. Até o momento não há nenhuma recomendação com relação a outros países. É claro que isso depende do cenário pandêmico”, disse o secretário.

Secretário do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, em entrevista à CNN (29.nov.2021) / CNN / Reprodução

 

(Publicado por Sinara Peixoto)

Mais Recentes da CNN