‘É o pior momento da pandemia em SP’, diz coordenador do Centro de Contingência

Em entrevista à CNN, Paulo Menezes afirmou que novas medidas restritivas podem ser pensadas para o futuro no estado

Produzido por Jorge Fernando Rodrigues e Vinícius Tadeu, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O coordenador do Centro de Contingência da Covid-19 de São Paulo, Paulo Menezes, afirmou, em entrevista à CNN neste sábado (27), que o momento atual é o “pior de toda a pandemia de Covid-19 no estado”. 

São Paulo atingiu, nesta tarde, a taxa de 71,1% de ocupação de leitos de unidades de terapia intensiva, com 7.011 pacientes internados com Covid-19, informou o governo estadual em boletim diário.

“É uma situação extremamente difícil, por isso tivemos uma reclassificação que colocou 76% da população na fase laranja e 15% na vermelha”, disse Menezes. 

Esperamos que essas medidas restritivas anunciadas comecem a fazer efeito e reduzir a propagação do vírus e a velocidade de aumento de número de casos e internações ao longo dos próximos dias

Paulo Menezes, coordenador do Centro de Contingência da Covid-19

O coordenador do Centro de Contingência da Covid-19 ainda reforçou que “se necessário, novas medidas de restrição serão pensadas”.  

(Publicado por Daniel Fernandes) 

Mais Recentes da CNN