Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    ‘É preciso acelerar vacinação para proteger contra a Delta’, diz pesquisador

    Especialista também explicou a importância de aplicar a 3ª dose em idosos

    Produzido por Layane Serranoda CNN

    São Paulo

    O infectologista e pesquisador da Fiocruz Julio Croda afirmou, em entrevista à CNN, que é preciso acelerar a aplicação de doses da vacina da Covid-19 no Brasil para proteger as pessoas com maior eficácia contra a variante Delta.

    Segundo o pesquisador, a transmissão da variante em estados brasileiros com o índice de vacinação mais baixo pode causar mais problemas e colapsar o sistema de saúde.

    “Apesar de o Brasil ter uma maior aceitabilidade em relação aos Estados Unidos, a nossa cobertura completa ainda é muito baixa, abaixo dos 30%. Os Estados Unidos estão acima de 50%. Nós temos que acelerar a aplicação de doses para garantir uma proteção completa contra essa variante, que já tem transmissão comunitária no Brasil. a Delta pode trazer mais problemas e colapsar o sistema de saúde em estados com o índice de vacinação mais baixo”.

    O especialista explicou, ainda, a importância de aplicar a 3ª dose em idosos e pessoas imunocomprometidas para ampliar a proteção contra a Covid-19 e suas variantes.

    “Pessoas mais velhas já respondem com bastante dificuldade às vacinas atuais e sabemos que, no contexto da Delta, existe uma diminuição de anticorpos neutralizantes para a vacina da Coronavac, principalmente. Para uma população mais vulnerável, precisamos ofertar a melhor vacina no sentido de produção de anticorpos neutralizantes e que garanta proteção adequada para a Delta”.

    Croda explicou, também, que a Coronavac continua sendo muito importante e útil no combate à pandemia.

    “Está claro que, abaixo dos 50 anos, a Coronavac induz proteção e é bastante similar a outras vacinas. Então o público mais jovem pode, sem problema nenhum, fazer o uso da Coronavac e ela vai garantir proteção, principalmente contra hospitalização e óbito. A Coronavac continua sendo muito útil e nos ajuda a combater a pandemia, principalmente em relação ao público mais jovem”.

     

    (Publicado por Evandro Furoni)