Eduardo Paes quer celeridade do governo federal na vacina em crianças

Prefeito do Rio confirmou que abriu negociação com a Pfizer para aquisição do imunizante para crianças de 5 a 11 anos, mas disse que o ideal é que o governo federal anuncie em breve a decisão de vacinar crianças

Eduardo Paes, prefeito do Rio
Eduardo Paes, prefeito do Rio ESTADÃO CONTEÚDO

Iuri Corsinida CNN

Rio de Janeiro

Ouvir notícia

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, disse na última quarta-feira (22) que espera que o governo federal seja célere na decisão de vacinar as crianças entre 5 e 11 anos. Na ocasião, Paes confirmou que abriu negociações com a Pfizer, fornecedora do imunizante voltado para esta faixa etária, mas que o ideal é que a União tome a dianteira e decida o mais breve possível sobre o avanço da vacinação para esta população.

“Eles [Comitê Científico] sugeriram que a gente comprasse vacinas, e eu pedi para o Daniel Soranz (secretário municipal de Saúde) que entrasse em contato com a Pfizer. O que eu já tinha visto do governador [João] Doria [governador de São Paulo] é que a Pfizer quer vender para o governo federal, e não quer vender para governos e municípios”, disse.

Eu acho o ideal também. Na verdade, o que eu espero é que o governo federal anuncie em breve a decisão de vacinar as crianças. Mas já autorizei o Daniel (Soranz) a fazer a negociação”, afirmou o prefeito.

A vacinação para esse público foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na última quinta-feira (16), com o imunizante da Pfizer. No dia seguinte, a Câmara Técnica de Assessoramento em Imunizações da Covid-19 (CTAI Covid-19), do Ministério da Saúde, também aprovou a medida, por unanimidade.

A imunização para esta faixa etária também foi defendida pela Fiocruz, que afirmou que há estudos suficientes que corroboram com a segurança e eficácia do imunizante, em crianças entre 5 e 11 anos.

Nesta quarta-feira (22), foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), a abertura de uma consulta pública para que a população se manifeste a respeito da vacinação de crianças contra Covid-19. O processo começará nesta quinta-feira (23).

As manifestações sobre a imunização contra o coronavírus de crianças de 5 a 11 anos de idade poderão ser enviadas através do portal do Ministério da Saúde.“Fica estabelecido o período de 23 de dezembro de 2021 a 02 de janeiro de 2022 para que sejam apresentadas contribuições, devidamente fundamentadas”, estabelece o texto publicado no DOU.

E após essa consulta pública, o Ministério da Saúde fará, no dia 4 de janeiro, uma audiência pública sobre a vacinação em crianças no país. Na ocasião, será discutido o resultado da consulta pública, em adição ao posicionamento da Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização da Covid-19 (CTAI Covid-19).

Mais Recentes da CNN