Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Estado de São Paulo amplia oferta de exames na rede pública a partir desta sexta

    O programa Corujão da Saúde retorna com o objetivo inicial de diagnosticar e tratar casos de câncer

    No primeiro momento, foco será realizar testes de câncer
    No primeiro momento, foco será realizar testes de câncer Governo do Estado de São Paulo

    Lucas Rochada CNN

    em São Paulo

    O estado de São Paulo amplia, a partir desta sexta-feira (1º), a disponibilidade de exames de diagnóstico com o objetivo de atender à demanda reprimida de 335 mil testes de diferentes especialidades médicas. Os pacientes receberão, por telefone, o contato das equipes do governo estadual que já estão com os dados previamente cadastrados, para agendamento de dias e horários definidos para os exames.

    Os testes serão feitos em 45 ambulatórios médicos de especialidades (AMEs) e 55 hospitais da rede própria da Secretaria de Estado da Saúde que, juntos, ofertam mais de 76 mil procedimentos.

    Nesta fase, o programa Corujão da Saúde terá como foco a área da oncologia, com o objetivo de agilizar o diagnóstico e o tratamento de pacientes com câncer.

    Os exames incluem tomografias computadorizadas (cerca de 180,5 mil procedimentos), ultrassonografias (28,5 mil), biópsias (6,5 mil), ressonâncias magnéticas (88,8 mil) endoscopias (18,4 mil), colonoscopias (11,1 mil) e retossigmoidoscopias, exame do intestino grosso (1,5 mil).

    Ampliação do diagnóstico de câncer

    Os testes permitem o diagnóstico de diferentes tipos de câncer, como a doença do aparelho digestivo, da tireoide, próstata, cérebro, pulmão e de pele. Segundo o governo do estado, o programa também vai oferecer 19,1 mil sessões de radioterapia para o tratamento de mil pacientes.

    A partir do dia 11 de outubro, os exames também serão ofertados pela rede privada. Até o momento, 50 hospitais de todo o estado já estão confirmados para os atendimentos, segundo o governo paulista.