Fiocruz entrega mais 2,1 milhões de doses de vacina contra a Covid-19

Nova remessa da AstraZeneca é destinada ao Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde

Produção da vacina AstraZeneca contra a Covid-19 pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro
Produção da vacina AstraZeneca contra a Covid-19 pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro Rodrigo Pereira/Fundação Oswaldo Cruz

Rayane Rochada CNN*

no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) realizou mais uma entrega da vacina contra a Covid-19 ao Ministério da Saúde. Nesta quarta-feira (20), o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz) liberou um lote com 2,1 milhões de doses da AstraZeneca, desenvolvida pela Universidade de Oxford, para o Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Os imunizantes foram entregues diretamente ao almoxarifado do Ministério da Saúde. De lá, a carga é distribuída para os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal.

A última entrega da Fiocruz, até então, havia sido feita na quinta-feira (15). Na data, a remessa foi de 4 milhões.

Com o novo repasse, a fundação soma 113,8 milhões de doses da vacina destinadas ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Governo Federal.

O acordo entre as autoridades brasileiras com o Reino Unido, onde fica situada a Universidade de Oxford, prevê a entrega de 200,4 milhões de doses até o final de 2021. Com isso, a Fiocruz ainda deve disponibilizar mais de 86 milhões de doses nos próximos dois meses.

Sob supervisão de Adriana Freitas

Mais Recentes da CNN