Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Maca peruana: para que serve e benefícios do alimento

    Tubérculo original do Peru, a maca peruana tem composição rica em nutrientes e minerais que pode contribuir para a prevenção de doenças e melhora da saúde

    O que é e para que serve a maca peruana?
    O que é e para que serve a maca peruana? Imagem: Shutterstock/ADVTP

    Da CNN

    Maca peruana é um alimento nativo da região dos Andes, que se popularizou por sua composição rica em nutrientes e minerais, bem como seus benefícios para a saúde.

    Encontrada como suplemento nutricional, a raiz passou por pesquisas ao longo dos anos com o objetivo de identificar suas propriedades farmacológicas.

    Neste processo, benefícios como redução de sintomas da menopausa, melhora na fertilidade e impactos positivos para a saúde mental foram observados.

    Entenda para que serve o alimento e quais as principais contribuições para a saúde física e mental.

    O que é a maca peruana?

    Natural da região dos Andes, no Peru, a maca peruana é uma espécie de tubérculo conhecida pelas propriedades nutricionais e medicinais.

    A planta era cultivada e consumida pelos nativos da região há mais de dois mil anos. Na época, os povos relacionavam a maca a benefícios como aumento da fertilidade e melhora na função sexual.

    As informações são de um estudo da Unijorge (Centro Universitário Jorge Amado), que explica outras propriedades funcionais atribuídas ao consumo do tubérculo após pesquisas, como o combate à ansiedade, benefícios para a memória e função energizante.

    Para que serve a maca peruana?

    Para que serve a maca peruana?
    Para que serve a maca peruana? / Imagem: Pexels/Yaroslav Shuraev

    A maca é um alimento, utilizado como alimento funcional por conter propriedades que podem contribuir para a saúde e bem-estar.

    Diante da comprovação desses benefícios, apontadas em artigos como o “Maca peruana (Lepidium Meyenii Walp): Panorama Atual”, publicado pela USP (Universidade de São Paulo), e o estudo da Unijorge, a raiz passou a ser utilizada como fitoterápico.

    Hoje, é possível encontrar suplementos nutricionais produzidos a partir da maca e comercializados por lojas especializadas no setor.

    Antes de ingerir esses suplementos, é importante consultar um médico ou nutricionista para entender as recomendações para cada organismo.

    Quais são os benefícios da maca peruana?

    A maca pode contribuir para a saúde, bem-estar e qualidade de vida, de acordo com pesquisas como as apresentadas anteriormente.

    Conheça os principais benefícios do alimento identificados pelos estudos.

    Controle da diabetes

    De acordo com dados da Lancet e Lancet Diabetes & Endocrinology, divulgados pela CNN, mais de 1,3 bilhões de pessoas viverão com diabetes até 2050.

    Pesquisas realizadas em ratos com diferentes tipos de maca, relatadas no artigo da USP, mostraram contribuições para o controle da doença, como a redução da glicemia.

    A glicemia se refere ao nível de glicose presente no sangue, carboidrato utilizado como fonte de energia pelo organismo. Quando os níveis estão altos, acontece a hiperglicemia, que caracteriza diabetes.

    Nos estudos, a maca vermelha e a preta demonstraram um aumento no consumo de glicose em células com resistência à insulina.

    Essa resistência é a responsável por dificultar a absorção de glicose no sangue, que pode causar o aumento do carboidrato e gerar a diabetes.

    Por isso, o resultado desse estudo ajudou a comprovar esse efeito positivo sobre a glicemia por meio de uma melhora na resistência à insulina e, consequentemente, na absorção de glicose.

    As fibras da planta também ajudam a reduzir o ritmo de absorção da glicose pelo organismo, o que evita a liberação de grandes quantidades de insulina, conforme explica o estudo publicado pela Unijorge.

    Emagrecimento

    As fibras e carboidratos complexos presentes na maca peruana podem contribuir para a perda de peso, uma vez que geram uma sensação de saciedade ao serem ingeridos.

    Em estudo realizado com hamsters dourados, destacado pela pesquisa dos alunos da USP, o consumo da planta mostrou uma prevenção ao aumento de peso corporal e da gordura.

    Além disso, também foi identificado uma melhora nas funções hepáticas, como redução do acúmulo lipídico no fígado, que pode causar a esteatose hepática.

    Segundo o Ministério da Saúde, esse acúmulo de gorduras pode causar uma inflamação do fígado e evoluir para quadros mais graves.

    Diminuição dos sintomas da menopausa

    A maca também pode ser utilizada para reduzir os sintomas da menopausa, causados pela pausa na produção de hormônios pelos ovários, como estrogênio e progesterona, processo que leva à interrupção da menstruação.

    Pesquisadores avaliaram uma redução em sintomas como a sudorese noturna, ondas de calor e irritabilidade em mulheres que realizaram tratamento com a planta, conforme relatado no estudo da USP.

    Outras melhorias foram citadas pela pesquisa da Unijorge, como aumento da libido, diminuição da fadiga e maior hidratação da pele.

    Melhora nos sintomas da osteoporose

    Quais os benefícios da maca peruana?
    Quais os benefícios da maca peruana? / Imagem: Pexels/Marcus Aurelius

    A osteoporose é caracterizada pela perda de massa óssea e deterioração do tecido ósseo, consequência da redução da absorção de cálcio e minerais pelo organismo.

    Isso pode acontecer como reflexo do envelhecimento natural do corpo e também pode ser um dos sintomas da menopausa, devido a falta da produção de estrogênio.

    Estudos compartilhados no artigo “Maca peruana (Lepidium Meyenii Walp): Panorama Atual” mostraram um aumento na densidade mineral óssea e uma reversão da perda óssea em testes realizados com ratos.

    Outro teste identificou aumento na densidade óssea também em mulheres durante a menopausa, em comparação a participantes que não ingeriram o tubérculo.

    Aumento da fertilidade

    Além da pesquisa divulgada pela USP, um artigo publicado pela revista Evidence-based Complementary and Alternative Medicine mostrou os resultados de testes realizados com homens entre 24 e 44 anos.

    Segundo as informações levantadas pelo estudo, houve um aumento de 20% na contagem de espermatozóides e 14% na mobilidade desses espermatozóides.

    No estudo da Unijorge é possível encontrar um ensaio clínico realizado com homens que consumiram a planta em gel diariamente, revelando uma melhora no desejo sexual após oito semanas.

    O artigo também destaca outra pesquisa realizada em camundongos alimentados com maca, que mostrou uma melhoria na disfunção erétil.

    Efeito antioxidante

    As propriedades antioxidantes também apareceram nas pesquisas realizadas com a maca ao longo dos anos. Elas são as responsáveis por conferir uma coloração mais escura à raiz.

    O estudo divulgado pela Unijorge, por exemplo, destaca os efeitos dessa ação no combate à oxidação natural do organismo causada pelo envelhecimento.

    Segundo os dados, os indivíduos que consomem a planta mostraram um processo de envelhecimento mais tardio e lento comparado aqueles que não ingerem maca.

    Em pesquisas realizadas com ratos, apresentadas nos estudos da USP, ficou comprovado uma redução da fadiga, atribuída ao efeito antioxidante – ação dos polissacarídeos que compõem a maca.

    Por isso, a planta também pode trazer benefícios para a prática de atividades físicas a partir do fortalecimento da resistência do corpo.

    Além disso, o artigo também fala sobre uma melhora no aprendizado e na memória, atribuída à atividade antioxidante da planta.

    Auxilia na prevenção ao câncer

    Outro benefício observado como consequência da ação antioxidante presente na maca é a eliminação de radicais livres, moléculas capazes de causar câncer ao danificar as células do corpo.

    Por isso, a maca também é conhecida por suas funções preventivas contra diversas doenças, incluindo o câncer.

    Na pesquisa publicada pela USP também se apresenta a atividade antitumoral dos polissacarídeos que compõem a planta.

    De acordo com o estudo, isso pode ser explicado pela ação estimulante da resposta macrofágica desse componente.

    Combate a doenças cardiovasculares

    Algumas propriedades da raiz de origem peruana, como ômega 3, aminoácidos e ômega 9 são atribuídas aos benefícios proporcionados à saúde cardiovascular de quem a consome.

    No estudo realizado pela Unijorge, a ação vasodilatadora do ômega 3, que também ajuda a regular o colesterol, é complementada pelo efeito do ômega 9, responsável por aumentar o nível do bom colesterol (HDL).

    Os aminoácidos completam a contribuição ao combate às doenças cardiovasculares a partir do controle da hipertensão e dos índices de gordura no sangue.

    Principais benefícios da maca peruana
    Principais benefícios da maca peruana / Imagem: Pexels/Puwadon Sang-ngern

    Em estudo reportado pela pesquisa da USP, foi observada uma melhoria na pressão arterial em homens que consumiram a maca por 12 semanas.

    Outra constatação foi a inibição da enzima conversora de angiotensina, chamada de ECA, que atua junto aos altos níveis de potássio presentes na planta como redutor dos riscos da hipertensão.

    A redução da pressão arterial sistólica (valor máximo verificado durante a aferição), e uma melhora na função física foram dois benefícios observados em estudo realizado com a população dos Andes Centrais do Peru, apresentado na pesquisa da USP.

    Melhora da saúde mental

    De acordo com levantamento da Opas (Organização Pan-Americana da Saúde), divulgado pela CNN, os países das Américas registraram um aumento acima de 30% nos diagnósticos de depressão e transtornos de ansiedade durante a pandemia de Covid-19.

    Estudos como o realizado por alunos da USP e o divulgado pela Unijorge mostram que a maca peruana tem efeitos antidepressivos e pode auxiliar no tratamento da ansiedade.

    Em pesquisas realizadas com camundongos, destacadas no artigo da USP, foi observado o efeito antidepressivo, também comprovado em testes com mulheres no período pós-menopausa.

    Para esse grupo, as ações foram observadas após o uso diário de maca por um período de seis semanas. Além do efeito antidepressivo, também foi constatada uma melhora no nível de ansiedade nas mulheres participantes do estudo.

    Segundo a pesquisa divulgada pela Unijorge, o tubérculo ajuda a promover uma sensação de bem-estar, além de melhorar a energia e contribuir para a estabilização do humor.

    Esses fatores podem auxiliar diretamente na saúde mental e em transtornos como a ansiedade e a depressão.

    Contribui para fortalecer a imunidade

    Os artigos da USP e da Unijorge também destacam a função imunomoduladora da maca, consequência dos polissacarídeos e da capacidade antioxidante, que contribui para a resistência.

    Além disso, o estudo reforça a comprovação da ação analgésica da planta, tanto em dores de origem inflamatórias como neuropáticas.

    As vitaminas e minerais presentes no tubérculo, como o magnésio, a vitamina C e o zinco também contribuem para o fortalecimento do sistema imunológico.

    Como a maca peruana pode ser consumida?

    A maca pode ser encontrada em cápsulas e em pó, o que flexibiliza a forma de consumo do suplemento. Algumas opções para incluir no dia a dia são:

    • polvilhada em sopas, frutas e cereais;
    • adicionado em patês, cremes e pastas;
    • misturada a farinhas para preparo de bolos, pães e tortas;
    • junto a bebidas quentes ou frias, como smoothies, sucos e café.

    As indicações de consumo podem variar de uma pessoa para outra, por isso é fundamental fazer uma avaliação médica para saber como tomar a maca peruana corretamente, de acordo com as necessidades e objetivos de cada pessoa.

    Possíveis efeitos colaterais da maca peruana

    Não há comprovações científicas de efeitos colaterais causados pelo consumo de maca peruana, mas o acompanhamento médico para avaliação e orientação de uso é indicado para todas as pessoas.

    Confira outras notícias e informações sobre saúde na CNN

    Confira para que serve e se o consumo de creatina engorda.

    Veja quais são os principais benefícios do abacate.

    Tópicos

    Tópicos