Ministério da Saúde autoriza repasse para 3,9 mil leitos de UTI Covid-19

Novas habilitações de leitos custeados pelo governo federal contemplam 21 estados

Rafaela Lara, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O Ministério da Saúde autorizou nesta sexta-feira (12) o repasse para mais 3.950 leitos de UTI adulta e 15 leitos de UTI pediátrica para atendimento exclusivo aos pacientes graves com Covid-19, em caráter excepcional e temporário.

As novas habilitações de leitos custeados pelo governo federal contemplam 21 estados. O valor do repasse mensal aos estados será de R$ 188,2 milhões, retroativo a fevereiro.

De acordo com a pasta, o pedido de autorização para o custeio dos leitos Covid-19 foi feito pelas secretarias estaduais e municipais de saúde, que garantem a estrutura necessária para o funcionamento das unidades.

“Quem cadastra os leitos de UTI Covid é o gestor na ponta da linha. Sem utilizar dessa demanda que é o poder descriminado do estado, o Ministério da Saúde não pode fazer nada”, ressaltou o secretário de atenção especializada em saúde, Luiz Otávio Franco Duarte.

Segundo Duarte, a projeção de leitos para até julho é de 8.357 exclusivos para Covid-19, além de outros 2.928 leitos com suporte ventilatório.

“São esses leitos [com suporte ventilatório] que, na visão atual, está proporcioando grande cura ou grande evidência de que o paciente não será intubado porque se trata de uma ventilação não-invasiva e isso pode evitar muitas ocupações de leitos de UTI”, explicou. 

Mais Recentes da CNN