Ministério da Saúde destinará doses extras da Coronavac para o Acre

Estado foi incluído no rol de estados que serão contemplados com doses extras do chamado "fundo estratégico"

Igor Gadelhada CNN

Ouvir notícia

O Ministério da Saúde definiu, na noite desta terça-feira (23), o número de vacinas que cada Estado receberá do novo lote de 1,2 milhões de doses da Coronavac entregue hoje pelo Instituto Butantan.

A CNN teve acesso em primeira mão à planilha da divisão.

Segundo o documento, o Acre foi incluído no rol de estados que serão contemplados com doses extras do chamado “fundo estratégico”.

Esse fundo é composto por 5% do total de doses de cada lote e beneficia apenas estados que estão com situação mais crítica da Covid-19. Até então, somente Amazonas e Pará vinham sendo beneficiados.

Pela divisão fixada pela Saúde, o Amazonas ficará com 70% das doses do fundo estratégico; o Pará, com 20%; e o Acre com 10%. Os três também entram na divisão do restante das vacinas junto aos demais estados.

No total, o Amazonas receberá 42 mil doses; o Pará, 37,2 mil; e o Acre, 8,4 mil. O estado que mais receberá vacinas, porém, será São Paulo (278.600), seguido por Minas Gerais (137.400) e Rio de Janeiro (118.800).

O Acre foi incluído como um dos beneficiários do fundo estratégico em razão das enchentes, de um novo surto de dengue e da crise imigratória, com imigrantes impedidos de entrar no Peru que estão acampados na fronteira.

O Ministério da Saúde informou à CNN na noite desta terça-feira que as 8,4 mil doses que o Acre terá direito devem ser levadas pelo próprio ministro da Saúde. De acordo com a pasta, o general Eduardo Pazuello fará parte da comitiva que acompanhará o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao estado nesta quarta-feira (24) .

Mais Recentes da CNN