Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    O que comer no verão? Veja dicas para se alimentar bem na estação

    Especialistas indicam alimentos de fácil digestão e que contribuem com a hidratação para o controle da temperatura corporal

    Alguns alimentos se destacam durante o verão, por ajudarem o corpo a se adaptar melhor ao clima quente
    Alguns alimentos se destacam durante o verão, por ajudarem o corpo a se adaptar melhor ao clima quente Louis Hansel/Unsplash

    Iasmin Paivada CNN

    A alimentação tem relação direta com o nosso bem-estar físico e, no verão, as altas temperaturas podem exigir mais do nosso organismo para manter o equilíbrio.

    Por isso, especialistas ressaltam a importância de buscar alimentos de fácil digestão para o conforto intestinal e que contribuam com a hidratação para o controle da temperatura corporal.

    Durante o verão, Karinee Abrahim, nutricionista do Instituto Nutrindo Ideais, explica que é comum sentirmos fadiga, dores de cabeça e perda de apetite. “Isso ocorre pela perda de nutrientes e sais minerais através do suor”, afirma.

    Daniela Cierro, nutricionista e vice-presidente da Associação Brasileira de Nutrição (Asbran), concorda que é comum as pessoas sentiram menos fome no verão.

    “Muitas aproveitam essa época em que estão mais inapetentes e passam a comer menos pensando que vão emagrecer, mas isso pode ser um engano para a saúde e para o processo de emagrecimento”, alerta.

    Para a nutricionista, é muito importante fazer todas as refeições ao longo do dia, sem pular nenhuma.

    Outras orientações em nutrição para a alimentação são:

    • Priorizar a hidratação;
    • Optar por refeições leves;
    • Aproveitar alimentos da estação, que são mais frescos e saborosos;
    • Reduzir o consumo de açúcar e alimentos com gordura;
    • Atentar-se à conservação dos alimentos para evitar contaminação

    Quais alimentos são benéficos no período?

    Alguns alimentos se destacam durante o verão, por ajudarem o corpo a se adaptar melhor ao clima quente, explica Karinee Abrahim.

    Frutas como melancia, melão, morangos e cítricos são ricas em água e antioxidantes, ajudando na hidratação e fornecendo nutrientes essenciais.

    No grupo dos vegetais, alface, espinafre e rúcula oferecem vitaminas e fibras importantes para a saúde digestiva.

    Peixes grelhados, frango e carnes magras são fontes de proteína leve, ideal para refeições principais.

    Além disso, Beber água, água de coco, sucos naturais e consumir alimentos ricos em eletrólitos, como bananas, auxiliam na hidratação e na reposição de minerais perdidos devido ao suor.

    “Esses alimentos são fundamentais para uma dieta equilibrada no verão, mantendo a hidratação e fornecendo nutrientes essenciais para lidar com as altas temperaturas”, explica a nutricionista.

    Quais alimentos devem ser evitados?

    Dentre os alimentos que precisam ser evitados nesse período, Daniela Cierro, ressalta que é preciso ter parcimônia no consumo de carne vermelha, além de ser importante consumir com o mínimo de gordura aparente possível, como em casca de peixes e frangos.  

    Bebida alcóolica em excesso também precisa ser evitada, porque desitrada o corpo, pontua Daniela Cierro. “Em dias quentes, com aumento de transpiração, se não intercalar o álcool com hidratação, pode ter desidratação e levar até a hospitalização, porque perdemos minerais importantes para o organismo”, explica. 

    Outro ponto que a médica destaca é o tipo de sorvete, porque alguns são ricos em gordura, então deixam de ser um alimento que hidrata.

    Veja também: Calor extremo no Brasil é resultado de “empilhamento de fenômenos”