O que se sabe sobre contágio e letalidade da variante brasileira do coronavírus

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

As pesquisas que indicavam uma possível imunidade de rebanho na capital amazonense foram contrariadas, em dezembro de 2020, quando Manaus voltou aos piores dias da pandemia. Com o sistema de saúde em colapso, mais pessoas, inclusive mais jovens, começaram a morrer, e o número de casos superou o primeiro pico da doença no estado. Na segunda semana de janeiro, um anúncio da Fiocruz acendeu o alerta para um fator que, aliado aos baixos índices de isolamento, pode explicar porque o vírus voltou a circular com tanta força no estado: uma nova e mais contagiosa variante do coronavírus.

Neste episódio do E Tem Mais, Monalisa Perrone fala sobre a variante brasileira identificada primeiro por cientistas japoneses. O pesquisador Felipe Naveca, da Fiocruz Amazônia, explica quais mutações podem ter tornado a cepa mais contagiosa e qual a relação dela com a alta letalidade entre pessoas fora do grupo de risco. Também participa do episódio o virologista Amilcar Tanuri, chefe do laboratório de virologia molecular da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Tanuri fala sobre o rastreio do vírus no Brasil e como o sequenciamento de amostras pode ajudar no controle da pandemia.

Conheça os podcasts da CNN Brasil:

CNN Mundo

5 Fatos

Abertura de Mercado

Horário de Brasília

Na Palma da Mari

O Que Eu Faço?

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

(Publicado por Amauri Arrais)

E Tem Mais
O podcast E Tem Mais, com Monalisa Perrone, episódios novos de segunda a sexta
Foto: CNN Brasil

Mais Recentes da CNN