Pazuello presta depoimento à Polícia Federal sobre crise em Manaus

Ministro da Saúde é investigado por atuação durante falta de cilindros de oxigênio na capital amazonense

da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, presta depoimento à Polícia Federal nesta quinta-feira (4) sobre o colapso na saúde em Manaus

A oitiva começou por volta das 14h30 e ainda está em andamento. Pazuello está depondo do hotel de trânsito onde mora em Brasília, conforme apurou o âncora da CNN, Kenzô Machida. 

Durante esse depoimento, Pazuello deve fazer uma cronologia sobre quando, afinal, o Ministério foi notificado sobre a falta de oxigênio nos hospitais da capital amazonense e se houve negligência. 

Nesses esclarecimentos, o ministro deve falar que recebeu o secretário de Saúde e o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), no dia 6 de janeiro —uma semana antes que a crise fosse amplamente divulgada pela imprensa—, mas que não falaram sobre oxigênio, mas sobre uma requisição de novos leitos.

O conteúdo do depoimento está em sigilo. A partir desse procedimento, a PF terá 60 dias para concluir a investigação.

No último dia 25, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal),Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu abrir inquérito para apurar atuação do titular da pasta frente à crise. O pedido foi feito pelo Procuradoria-Geral da República. 

 

Mais Recentes da CNN