Pfizer negocia compra de vacina com governo federal, diz diretora

“Foi feita uma proposta para o governo brasileiro para a compra de vacina em agosto. Ele já tem uma proposta de fornecimento de doses," diz Márjori Dulcine

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Após a Pfizer anunciar a expansão do projeto de testagem da vacina contra a Covid-19 no Brasil, a farmacêutica também negocia com o Governo Federal a compra dos medicamentos de maneira antecipada, segundo a diretora médica da empresa no Brasil, Márjori Dulcine.

“Foi feita uma proposta para o governo brasileiro para a compra de vacina em agosto. Ele já tem uma proposta de fornecimento de doses, estamos aguardando retorno,” diz Márjori.

Leia também

UFRJ desenvolve teste sorológico para Covid-19 que custa menos de R$ 5

Fase 3 da vacina russa poderá mostrar efeitos adversos, diz infectologista

Farmacêutica faz acordo com governo australiano para fornecer vacina da Covid-19

Márjori Dulcine
Márjori Dulcine, diretora médica da Pfizer Brasil
Foto: CNN (08.set.2020)

“Ao mesmo tempo, a Pfizer já vem falando com a Anvisa para entender o melhor processo para submissão dos dados de pesquisa para a rápida aprovação da vacina.”

Segundo o cronograma da diretora, até o final de setembro a farmacêutica espera ter terminado o processo de recrutamento para os testes.

O planejamento global da Pfizer é que entre o final de outubro e início de novembro eles iniciem o processo de aprovação da vacina das agências reguladoras ao redor do planeta.

(Edição: Sinara Peixoto)

 

Mais Recentes da CNN