Precisamos receber insumos ao longo de todo 2021, diz presidente da InvestSP

O presidente da InvestSP, Wilson Mello Neto, afirmou à CNN que a produção da Coronavac dependerá de insumos por todo 2021

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Em entrevista à CNN, Wilson Mello Neto, presidente da InvestSP – agência ligada ao governo de São Paulo que coordena a operação da chegada de insumos – afirmou que a produção da Coronavac dependerá de matéria-prima vinda da China ao longo de todo ano.

“Do ponto de vista fabril, nós estaremos independentes quando a nova fábrica do Instituto Butantan ficar pronta. Isso está programado para acontecer no final de setembro e início de outubro”, disse o presidente da InvestSP.

“O segundo ciclo de imunização, em 2022, será feito com vacinas integralmente produzidas no Instituto Butantan.”

Frascos com a vacina CoronaVac
Frascos com a vacina CoronaVac
Foto: Amanda Perobelli/Reuters (22.jan.2021)

Mais Recentes da CNN