Rio começa a vacinação da terceira dose em população idosa na segunda-feira (13)

Imunização dos adolescentes segue paralisada por falta de doses; passaporte da vacina entra em vigor a partir desta semana

Rio de Janeiro começa a vacinação para dose de reforço na população idosa maior de 90 anos
Rio de Janeiro começa a vacinação para dose de reforço na população idosa maior de 90 anos Tânia Rêgo/Agência Brasil

Camille CoutoLucas Janoneda CNN

no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

A cidade do Rio de Janeiro começa a aplicar nesta segunda-feira (13) a dose de reforço nos idosos da capital, por idade. Até último dia 10, somente idosos em instituições de longa permanência foram contemplados.

O calendário divulgado pela Prefeitura disponibiliza um dia para cada idade, tendo início com os maiores de 95 anos, e finalizando a semana, na sexta-feira (17), com a aplicação dos imunizantes contra a Covid-19 para pessoas com 91 anos.

A dose de reforço será destinada aos idosos que receberam a segunda aplicação do imunizante há, pelo menos, três meses.

Confira o calendário:

  • Segunda-feira (13): 95 anos ou mais
  • Terça-feira (14): 94 anos ou mais
  • Quarta-feira (15): 93 anos ou mais
  • Quinta-feira (16): 92 anos ou mais
  • Sexta-feira (17): 91 anos ou mais
  • Sábado (18): 90 anos ou mais

A imunização segue normal com a primeira dose para pessoas com deficiência (PcD), gestantes, puérperas e lactantes com 12 anos ou mais, além da repescagem para o público a partir de 23 anos, preferencialmente, no período da tarde, e da aplicação da segunda dose, conforme a data estipulada no comprovante da primeira.

Já o segmento do calendário que prevê a vacinação em adolescentes está interrompido, na capital fluminense, por falta de imunizantes.

A expectativa da prefeitura do Rio é de que o calendário seja retomado na quarta-feira (15), após a entrega de mais doses pelo Ministério da Saúde, com a imunização de meninas de 14 anos. Já na sexta-feira (17) será a vez dos meninos da mesma idade.

Passaporte da vacina

Ainda nesta semana, na próxima quarta-feira (15), entra em vigor a determinação de comprovação da vacinação contra a covid-19 para acesso a uma série de estabelecimentos coletivos, como academias de ginástica, estádios e ginásios esportivos, cinemas, museus, galerias, exposições de arte, convenções, conferências.

O “passaporte da vacina” é necessário também para cirurgias eletivas na rede pública e privada. A medida é válida para cariocas ou turistas.

A comprovação da imunização poderá ser feita pela certificação digital da plataforma ConecteSUS ou apresentando o comprovante ou caderneta de vacinação em papel.

Para ajudar em caso de dúvidas ou divergências sobre o registro de vacinação no ConecteSUS, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS-Rio) criou um canal para atendimento do público vacinado exclusivamente na cidade do Rio de Janeiro.

Para registrar sua solicitação, basta enviar o relato do problema, anexando as imagens do comprovante de vacinação, de um documento de identificação com foto e CPF, para o e-mail suporteconectesus@rio.rj.gov.br. As unidades de saúde também continuam atuando na resolução das divergências cadastrais.

A pessoa que tiver dúvidas pode procurar o ponto de vacinação onde recebeu a dose, em posse do comprovante de vacinação, do documento de identificação com foto e CPF.

Mais Recentes da CNN