RJ é o 2º que menos vacinou dentre os 10 estados com mais casos de Covid no País

Número leva em consideração o percentual da população vacinada e não apenas os números de vacinas aplicadas

Idosos se preparam para a vacinação no Rio de Janeiro
Idosos se preparam para a vacinação no Rio de Janeiro Foto: Alexandre Brum/Enquadrar/Estadão Conteúdo

Iuri Corsini, da CNN, do Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Dos dez estados com mais casos registrados de Covid-19 no país, o Rio de Janeiro é o 2º que menos vacinou sua população. Ao considerarmos o percentual entre o número de habitantes e o número de pessoas vacinadas, o Rio vacinou 7,9% de sua população (mesmo percentual que Santa Catarina), ficando na frente apenas do estado de Goiás, que vacinou 7,4% da população. 

A Bahia foi o estado que mais vacinou sua população, com percentual de 11,3% de pessoas imunizadas. Rio Grande do Sul (11,1%), São Paulo (10,8%), Paraná (10,4%), Ceará (9,8%), Pará (8,4%), Minas Gerais (8,3%), Santa Catarina e Rio de Janeiro (ambos com 7,9%) e Goiás (7,4%) completam a lista dos dez estados que mais vacinaram. 

Dos estados da região Sudeste, o Rio de Janeiro foi, percentualmente, o que menos vacinou sua população. Além de ter ficado atrás dos já mencionados estados de São Paulo e Minas Gerais, o Rio também ficou atrás do Espírito Santo, que vacinou o equivalente a 9,6% de sua população. O Espírito Santo é atualmente o 11º estado com mais casos registrados.

Em números absolutos, levando-se em consideração apenas a quantidade de doses aplicadas, o Rio de Janeiro é o 5ª estado que mais aplicou vacinas de todo o país. Conforme o último boletim divulgado na noite de domingo (04), foram vacinadas 1.316.104 pessoas em todo o estado. Destas, 374.909 já receberam a 2ª dose. 

Relação doses recebidas e doses aplicada

Se realizada uma comparação entre a relação de doses recebidas do Ministério da Saúde (MS) e as doses aplicadas pelos estados, o Rio de Janeiro tem o pior número de todo o país. Segundo dados do Ministério da Saúde, o Rio informou ter aplicado apenas 42,5% do total de doses que recebeu do MS. O estado de São Paulo lidera esse ranking.

Questionada, a Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES-RJ) informou que o baixo percentual foi em decorrência do atraso de notificação das vacinas aplicadas. Essa notificação é de competência dos municípios, que recebem os dados de cada posto de vacinação, e os repassam ao estado. A SES-RJ afirmou que não houve nenhum desperdício de doses recebidas.

O Rio é um dos poucos estados que não publicam em seu “Vacinômetro” a quantidade total de doses que recebeu do Ministério da Saúde desde o início do Plano Nacional de Imunização. No painel, são informados apenas a quantidade de pessoas vacinadas e de doses aplicadas. Segundo o painel do Ministério da Saúde, foram entregues 3.974.240 de doses ao estado fluminense, que aplicou 1.691.013 doses de vacina contra a Covid-19.

Mais Recentes da CNN