Saiba como doar para a compra de oxigênio para o Amazonas

Devido ao aumento no número de internações por Covid-19, estado vive colapso pela falta de oxigênio para atender pacientes

Paciente com coronavírus recebe oxigênio em tratamento
Paciente com coronavírus recebe oxigênio em tratamento Foto: Bruno Kelly/Reuters

Isabella Sander, colaboração para a CNN

Ouvir notícia

Após o colapso no sistema de saúde do Amazonas devido à falta de cilindros de oxigênio nos hospitais e ao alto número de internações por causa da Covid-19 no estado, uma onda de solidariedade tem se espalhado por todo o Brasil. 

Artistas como Whindersson Nunes, Bruno Gagliasso, Felipe Neto e Tatá Werneck se mobilizaram para divulgar formas de doar recursos para a aquisição de cilindros com oxigênio e outros insumos hospitalares para o estado.

A campanha SOS AM, divulgada pelos famosos, é capitaneada por organizações não-governamentais (ONGs) amazonenses. O movimento não possui redes sociais próprias.

O dinheiro será usado para comprar os itens necessários tanto para pacientes como para os profissionais da área da saúde que atuam na linha de frente no estado. O último levantamento apresentado, com valor arrecadado na quinta-feira, apresentava um total de R$ 340,6 mil.

As doações podem ser feitas por transferência através do PIX, que é realizado digitalmente e não tem custo. 

Confira o código PIX de cada instituição engajada nesta campanha:

  • Salaada Solidário – Telefone: (92) 98134-0832
  • BorAjudar – CPF: 910.764.712-34
  • Instituto Ágape – E-mail: suelenaraujo8@gmail.com
  • Amor Sem Caô – CPF: 792.908.412-49
  • Projeto +Amor Manaus – E-mail: projetomaisamormanaus@gmail.com ou CPF: 514.102.222-68
  • Projeto Somar – Telefone: (92) 98103-8708
  • Grupo de Apoio Voluntário – CPF: 659.904.552-91
  • Moradia & Cidadania – Telefone: (92) 99111-2850

Mais informações nos telefones (92) 98134-0832, (92) 98157-8588 e (92) 99115-6756.

Movimento reúne doações para compra de oxigênio
Movimento reúne doações para compra de oxigênio
Foto: Reprodução

Mais Recentes da CNN