560 mil pessoas estão com 2ª dose da vacina contra Covid atrasada em São Paulo

Para tentar diminuir esse número, um mutirão chamado “Dia V” será realizado no dia 16 de outubro

Paula Nobreda CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Na cidade de São Paulo, 560 mil pessoas estão com a segunda dose da vacina contra a Covid-19 atrasada. Já no estado, pelo menos 4 milhões de pessoas ainda não voltaram para tomar a segunda dose.

Para tentar diminuir esse número, a prefeitura paulistana promoveu neste último fim de semana um mutirão de vacinação. Um novo mutirão, chamado “Dia V”, será realizado no dia 16 de outubro.

No sábado (2), 343 mil doses foram aplicadas no estado. O balanço das doses aplicadas no domingo (3) será divulgado nesta segunda-feira (4).

Evolução da vacinação

À CNN, nesta segunda-feira, a infectologista Raquel Stucchi, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), afirmou que a evolução da vacinação contra a Covid-19 e a queda de casos da doença no país permitem a retomada das atividades como no pré-pandemia.

“Há a aceleração da vacinação, com 41% da população brasileira completamente vacinada, além de termos há semanas uma queda importante no número de casos, na taxa de ocupação de leitos e na queda da mortalidade. Manter a mortalidade em 500 óbitos por dia é muito, mas sabemos que ela demora um pouco mais para diminuir. Vacinação e flexibilização podem caminhar juntos, porque nossos números há semanas nos permitem isso”, explicou a infectologista.

(Publicado por Daniel Fernandes)

Mais Recentes da CNN