Supremo forma maioria para garantir vacinas devidas ao estado de São Paulo

No texto de justificativa à decisão, Lewandowski afirma que “mudanças de orientação e planejamento podem levar ao aumento de internações e mortes"

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria nesta segunda-feira (13) sobre a decisão que obriga o governo a garantir que o estado de São Paulo receba do governo federal o número que considera correto de doses da vacina.

A votação, realizada via plenário virtual, conta com seis votos a favor nenhum contra a ação.

No início de agosto, o estado de São Paulo procurou o STF para garantir a recepção das 228 mil doses da Pfizer que haviam sido prometidas pelo Ministério da Saúde e não foram entregues.

O relator da ação, o ministro Ricardo Lewandowski,  determinou que o governo federal devesse disponibilizar as  doses da vacina que não haviam sido entregues ao estado de São Paulo no início de agosto.

No texto de justificativa à decisão, Lewandowski afirmou que “mudanças de orientação e planejamento podem levar ao aumento de internações e mortes”.

(Publicado por Evandro Furoni)

Mais Recentes da CNN