Vacinação de crianças no Rio é “bastante baixa”, afirma secretário de Saúde

Secretário fez um apelo aos pais para levarem seus filhos aos postos de imunização

Vacinação de crianças contra a Covid-19 teve início em 17 de janeiro no Rio de Janeiro
Vacinação de crianças contra a Covid-19 teve início em 17 de janeiro no Rio de Janeiro José Cruz/Agência Brasil

Lucas Janoneda CNN

Rio de Janeiro

Ouvir notícia

O secretário municipal de saúde da cidade do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, afirmou à CNN que a cobertura vacinal das crianças entre 11 e 8 anos é ‘bastante baixa’ na capital fluminense. A declaração foi feita nesta sexta-feira (28).

Daniel Soranz destacou, em conversa com a CNN, que apenas 40% das crianças desse grupo tomaram a primeira dose do imunizante contra Covid-19. Segundo ele, a expectativa para esta sexta-feira (28), era de que pelo menos 80% dessas crianças já tivessem sido imunizadas.

“A gente espera que esse cenário mude nos próximos dias, hoje nós só temos 40% de cobertura vacinal para as três faixas etárias que foram vacinadas até agora, que é de 11 anos até 8 anos. Isso é uma preocupação para a Secretaria Municipal de Saúde”, destacou Soranz.

O secretário municipal do Rio de Janeiro reafirmou a necessidade da imunização das crianças e fez um pedido aos pais: “levem seus filhos aos postos de vacinação espalhados pela cidade”. Na capital fluminense, a vacinação pediátrica continua neste fim de semana. Neste sábado (26), meninos e meninas de 8 anos podem receber a vacina nos postos de saúde.

“Nossa recomendação para os pais é que levam suas crianças para vacinar. Infelizmente, nesses primeiros dias, nós ainda estamos vendo uma procura bastante baixa para vacinação pediátrica e nós esperamos que isso mude para os próximos dias, afirmou o secretário”

Mais Recentes da CNN