Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Rio retoma calendário de vacinação infantil após chegada da Coronavac

    Capital recebeu 100 mil doses do imunizante do Butantã, e começa a vacinar crianças com 10 anos ou mais

    Vacinação de crianças contra a Covid-19 no Rio de Janeiro
    Vacinação de crianças contra a Covid-19 no Rio de Janeiro Tomaz Silva/Agência Brasil

    Elis Barretoda CNN

    Rio de Janeiro

    Ouvir notícia

    A cidade do Rio de Janeiro retoma, nesta quarta-feira (26), o calendário de vacinação contra a Covid-19, das crianças de 5 a 11 anos. Nesta semana, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) avança e começa a vacinar os meninos e meninas de dez anos de idade.

    A expectativa é fechar a semana imunizando todos de até oito anos. Ainda segundo a pasta, o município vacinou 46.916 crianças, o que corresponde a apenas 8,3% do público-alvo.

    A retomada da imunização foi possível por conta de um lote com 100 mil doses da Coronavac que a capital recebeu, nesta segunda-feira (24). Além do imunizante do Butantan, a dose pediátrica da Pfizer também será usada para aplicação dessa faixa etária.

    O calendário de imunização foi paralisado na cidade na última quarta-feira (19), devido a insuficiência de doses enviadas pelo Ministério da Saúde da vacina da Pfizer.

    Assim, até esta terça-feira (25), os postos de vacinação funcionaram apenas para aplicação de terceira dose, e repescagem para crianças de 11 anos ou com algum tipo de comorbidade.

    Segundo a própria secretaria, o intervalo entre a 1ª e a 2ª dose da Coronavac, para o público entre 6 e 17 anos é de 28 dias. No caso da Pfizer, o intervalo é de 8 semanas.

    Mais Recentes da CNN