Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Veja como retardar o envelhecimento da pele sem procedimentos estéticos

    Exposição solar intensa, sedentarismo, má alimentação e fumar aceleram o envelhecimento da pele

    Cuidados com a pele começam em casa; consumo de água e uso de produtos hidratantes estão entre principais dicas
    Cuidados com a pele começam em casa; consumo de água e uso de produtos hidratantes estão entre principais dicas Angela Roma/Pexels

    Simone Machadocolaboração para a CNN

    em São José do Rio Preto (SP)

    Ter uma pele saudável e com aparência jovem é o sonho de qualquer pessoa. Porém, com o passar dos anos e a falta de alguns cuidados diários, a pele vai envelhecendo e as marcas da idade começam a aparecer.

    Além do processo natural provocado pela idade, fatores individuais como genética, doenças e alterações hormonais influenciam a saúde da pele.

    No entanto, existem também fatores externos que aceleram o envelhecimento como: exposição solar intensa, sedentarismo, má alimentação e fumar.

    “O envelhecimento da pele está diretamente ligado aos hábitos de vida. Dormir pouco, manter a maquiagem durante o sono e se expor ao sol em excesso, são hábitos que aceleram esse processo. Além disso, o consumo excessivo de álcool pode ser prejudicial, portanto, é muito importante consumir moderadamente”, explica Vivian Simões Pires, dermatologista da Clínica Domonique.

    A boa notícia é que é possível retardar esse processo sem a necessidade de se fazer procedimentos estéticos, apenas com a mudança de alguns hábitos.

    Veja hábitos que podem retardar envelhecimento da pele

    • Conheça o seu tipo de pele: Antes de comprar qualquer produto é importante saber qual o seu tipo de pele para que ele haja de maneira eficiente. Para descobrir se sua pele é seca, mista ou oleosa vale consultar um dermatologista ou ficar atento a como ela se comporta no dia a dia.
    • Beber água: Beber bastante água é importante para retardar o envelhecimento da pele por várias razões. Primeiro, a água mantém a pele hidratada, prevenindo a secura e a descamação, características comuns do envelhecimento cutâneo. A hidratação adequada ajuda a manter a elasticidade da pele, reduzindo a aparência das rugas e auxilia na eliminação de toxinas do corpo, o que contribui para uma pele mais limpa e saudável.
    • Hidratação da pele com cremes: Para a hidratação completa da pele também é importante usar cremes hidratantes. Mas não esqueça de hidratar o pescoço e do colo, já que nessas regiões a pele é mais fina, a quantidade de colágeno é menor e ela sofre mais com o ressecamento. “A hidratação feita na pele ajuda a manter a barreira protetora, promove a regeneração celular, reduz a aparência de linhas finas e rugas, melhora a elasticidade da pele e ajuda a proteger contra os danos causados pelo sol”, explica Pires.
    • Uso de vitamina C: Usar cremes ou séruns de vitamina C ajuda a bloquear ações de radicais livres que contribuem para o envelhecimento da pele. Essa vitamina também atua como rejuvenescedora.
    • Esfoliação: Fazer esfoliação uma vez por semana é essencial para retardar o envelhecimento da pele. Ela ajuda na remoção das células mortas, estimula a circulação sanguínea, melhora a absorção de produtos, reduz manchas e estimula a produção de colágeno.
    • Uso de protetor solar: O bloqueio dos raios UVA e UVB faz com que a pele envelheça mais lentamente. O filtro deve ser usado diariamente, inclusive em dias nublados ou chuvosos. “É importante fazer o uso correto de protetor solar diariamente (FPS 30 ou mais) e também usar acessórios para proteção ultravioleta como roupas, chapéus e óculos. Além disso, sempre que possível, evite os horários de pico da radiação, entre 9h e 16h”, detalha Ethel Fernandes, dermatologista da Rede Mater Dei.
    • Não fume: Segundo os especialistas, ouvidos pela reportagem, o cigarro é um dos piores inimigos da pele. A fumaça aumenta as rugas e deixa a pele opaca e sem vida.
    • Limpeza da pele: Faça uma limpeza da pele duas vezes ao dia com sabonetes faciais específicos para esse fim. Essa ação simples ajuda a evitar danos, sendo um importante aliado contra o envelhecimento.
    • Hábitos saudáveis: Ter uma rotina de exercícios físicos e manter uma alimentação saudável rica em frutas, legumes e verduras, contribuem para que a pele fique com aspecto bonito e iluminado. “Também é importante consumir gorduras boas e ômega-3, presente no atum, na sardinha, no salmão e no abacate. Um dos grandes vilões da pele é o açúcar refinado porque ele participa do processo de quebra do colágeno, então devemos evitar consumi-lo”, explica Francini Belluci, dermatologista da clínica Mizu e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).