App que usa dados para detectar doentes teve 9,6 milhões de downloads em 4 dias


Da CNN, em São Paulo
19 de junho de 2020 às 10:36
Corona-Warn-App

A desenvolvedora de software SAP e a empresa de telecomunicações Deutsche Telekom ajudaram a criar o Corona-Warn-App

Foto: Hannibal Hanscke - 16.jun.2020 / Reuters

O novo aplicativo lançado pelo governo da Alemanha – que consegue identificar a presença de pessoas infectadas pelo novo coronavírus, com base em informações fornecidas pelos próprios usuários a respeito de sua saúde – foi baixado cerca de 9,6 milhões de vezes desde o lançamento, na terça-feira (16). A informação foi confirmada pela porta-voz do governo, Ulrike Demmer.

Esse número equivale a aproximadamente 12% da população do país, mas ainda não se sabe se ele diz respeito ao número de usuários que fizeram o download ou ao de aparelhos nos quais a ferramenta foi baixada.

O Corona-Warn-App foi criado para avisar rapidamente sobre a presença de novos grupos de pessoas infectadas com a Covid-19.

Assista e leia também:

Japão quer lançar aplicativo de vigilância contra coronavírus nos próximos dias

China usa QR code digital para combater o coronavírus. Saiba como funciona

A desenvolvedora de software SAP e a empresa de telecomunicações Deutsche Telekom ajudaram a criar a ferramenta, em nome do governo alemão.

Em diversos países, lançamentos de aplicativos como esse estão sendo adiados – por motivos como problemas relacionados à privacidade dos dados dos usuários –, à medida que os governos lutam para implementar novos sistemas complexos em tempo recorde. Além disso, alguns apps lançados não foram baixados o suficiente para ter o banco de dados desejado.

O Reino Unido informou, nesta semana, que desistiu do seu próprio aplicativo – com objetivo semelhante ao alemão – para usar uma versão baseada em um sistema desenvolvido pelas gigantes Google e Apple.

(Com informações de Nadine Schmidt, da CNN, em Berlim)