CES 2022: futuro da tecnologia terá TVs ainda mais conectadas, diz especialista

À CNN Rádio, Rafael Coimbra contou quais as novidades foram apresentadas na feira que é uma das maiores do setor

CES 2022: feira de tecnologia apresenta expectativas para o mercado
CES 2022: feira de tecnologia apresenta expectativas para o mercado Divulgação/CES 2022

Amanda GarciaBel Camposda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

A CES 2022, uma das principais feiras do setor de tecnologia, se encerrou no último fim de semana e apresentou algumas das principais tendências para os próximos anos.

Em entrevista à CNN Rádio, o editor-executivo da MIT Technology Review Brasil, Rafael Coimbra, lamentou que o cenário da Covid-19 tenha mais uma vez impedido que o evento acontecesse presencialmente em sua totalidade.

Mesmo assim, ele avalia que “deu para sentir as tendências que devem marcar o ano”.

Segundo Coimbra, houve a confirmação de algumas expectativas. “A casa conectada, que ganhou assistentes pessoais nos últimos anos, caixinhas de som inteligentes, por exemplo.”

O destaque, porém, na visão dele, vai para as TVs. “Elas já são cada vez mais finas e com alta definição, mas agora têm impulso adicional, fica mais sofisticada, no sentido de se transformar em um grande computador.”

As TVs conectadas na internet viram uma central não só de entretenimento, mas também para trabalho. “Vi uma interessante, de 27 polegadas, nem é das maiores, mas é portátil, tem bateria. Então se você está vendo no quarto, tem autonomia, sem estar presa na parede e necessidade de ficar na tomada.”

“A ideia é que as mesmas aplicações que existam no smartphone, vão migrar para TVs. Aqui no Brasil, maior aumento de conectividade está se dando pela TV, acho que será cada vez mais uma parceira dos laptops e smartphones.”

Medicina

Outro setor importante é a indústria da medicina. “Ele vem avançando com equipamentos sofisticados, na parte pessoal também começou a ganhar recursos, geralmente vê nos relógios inteligentes, batimento cardíaco, oxigenação, caloria, qualidade do sono.”

“Mas outros dispositivos nessa casa inteligente vêm somar nessa função. Como uma lâmpada inteligente, que é capaz de monitorar seu sono e sua temperatura, se instala mais de uma, faz uma triangulação, como se fosse um radar, se está dormindo ou até se caiu no chão, gera um alarme.”

Mais Recentes da CNN