Contas da mídia estatal russa serão rebaixadas no Facebook e Instagram, diz Meta

Usuários que tentarem compartilhar links para sites da mídia controlada pelo governo receberão avisos

Logomarca do Meta Platforms, dona do Facebook
Logomarca do Meta Platforms, dona do Facebook Dado Ruvic/Reuters (02.nov.2021)

Brian Fungda CNN

Ouvir notícia

As contas da mídia estatal russa, bem como o conteúdo com links para seus sites, agora serão rebaixados nas plataformas da Meta globalmente, disse a empresa nesta terça-feira (1).

“Posso confirmar que estamos rebaixando o conteúdo de páginas do Facebook e contas do Instagram de meios de comunicação controlados pelo Estado russo, e estamos tornando-os mais difíceis de encontrar em nossas plataformas”, disse Nick Clegg, presidente de assuntos globais da Meta, em comunicado.

A medida para aplicar restrições algorítmicas aos meios de comunicação apoiados pela Rússia segue uma medida semelhante do Twitter anunciada na segunda-feira. E segue os pedidos de funcionários da União Europeia para que as plataformas de tecnologia façam mais para impedir que essas lojas sejam recomendadas aos usuários.

Assim como no Twitter, o Meta já rotula as contas que identifica como sendo operadas pela mídia estatal. As etapas adicionais anunciadas na terça-feira envolvem a rotulagem dos links e a classificação dos links e das próprias contas dos meios de comunicação russos.

Nos próximos dias, os usuários que tentarem compartilhar links para sites da mídia estatal russa também receberão avisos intersticiais no Facebook e no Instagram, acrescentou Nathaniel Gleicher, chefe de política de segurança da Meta.

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN