Cosmonautas russos ativarão novo braço robótico da estação espacial

Oleg Artemyev e Denis Matveev instalarão um painel de controle para o braço robótico de 11,3 metros de comprimento

Ashley Stricklandda CNN

Ouvir notícia

Dois cosmonautas russos farão uma caminhada espacial fora da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) nesta segunda-feira (18) para ativar um novo braço robótico.

A caminha espacial de quase sete horas, dos cosmonautas Oleg Artemyev e Denis Matveev está sendo transmitida ao vivo no site da Nasa.

É a primeira de duas caminhadas espaciais que Artemyev e Matveev estão realizando para configurar o mecanismo fora do módulo multiuso russo Nauka.

Durante a caminhada espacial de segunda-feira, a dupla instalará e conectará um painel de controle para o braço robótico de 11,3 metros de comprimento. Os dois também removerão as tampas protetoras do braço e instalarão corrimãos fora do módulo Nauka.

Este braço robótico será usado para auxiliar os caminhantes espaciais e transportar quaisquer itens que precisem ser movidos para fora do segmento russo da estação espacial no futuro.

Artemyev será identificável no traje espacial russo Orlan com listras vermelhas, enquanto Matveev usará um traje espacial com listras azuis.

É a primeira caminhada espacial de Matveev e a quarta do veterano astronauta Artemyev.

Será a quarta caminhada espacial fora da estação espacial este ano e a 249ª no geral em apoio à montagem, manutenção e atualização do laboratório em órbita.

Durante uma segunda caminhada espacial, em 28 de abril, a dupla de cosmonautas removerá mantas térmicas usadas para proteger o braço robótico quando foi lançado no ano passado junto com o módulo Nauka. Matveev e Artemyev também flexionarão as articulações do braço robótico, liberarão as restrições e testarão sua capacidade de agarrar.

Estas são as primeiras das próximas caminhadas espaciais que se concentrarão na preparação de Nauka e do braço robótico para uso futuro.

Questionado sobre como as tensões geopolíticas com a Rússia afetaram a vida na estação espacial, o astronauta da Nasa Tom Marshburn disse durante uma entrevista coletiva na sexta-feira que tem sido um “relacionamento colegial e muito amigável aqui em cima, e estamos trabalhando juntos”.

A tripulação da Nasa e os cosmonautas russos regularmente compartilham refeições e assistem a filmes juntos, disse ele.

“Contamos uns com os outros para nossa sobrevivência”, disse Marshburn, “é um ambiente perigoso. E então seguimos com nosso treinamento; seguimos reconhecendo que estamos todos aqui com o mesmo propósito: explorar e manter esta estação espacial mantida.”

 

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN