Dinossauro blindado descoberto no Chile tinha “cauda bizarra” como arma

Cauda tinha sete pares de depósitos ósseos, achatados, fundidos em uma estrutura semelhante a uma folhagem, mostra estudo

Criação artística de uma nova espécie de dinossauro blindado chamado Stegouros elengassen
Criação artística de uma nova espécie de dinossauro blindado chamado Stegouros elengassen Mauricio Alvarez

Katie Huntda CNN

Ouvir notícia

Uma nova espécie de dinossauro blindado, descoberto no Chile, tinha uma cauda como arma nunca vista antes em qualquer outro dinossauro. Com aproximadamente 2 metros, o pequeno dinossauro blindado – chamado anquilossauro – data do final do período Cretáceo, cerca de 71,7 milhões a 74,9 milhões de anos atrás.

Seu esqueleto fossilizado, em grande parte completo, foi encontrado na província de Magallanes, na Patagônia, região mais ao sul do Chile.

O dinossauro, chamado Stegouros elengassen, tinha desenvolvido uma arma de cauda grande, diferente das vistas em outros dinossauros blindados, como as pontas emparelhadas do Estegossauro e a cauda em forma de clava do Anquilossauro.

Embora seu crânio tivesse características em comum com outros anquilossauros, seu armamento de cauda era “bizarro”, de acordo com o estudo, que foi publicado na revista Nature nesta quarta-feira (1º). A cauda do dinossauro tinha sete pares de depósitos ósseos, achatados, fundidos em uma estrutura semelhante a uma folhagem.

“A cauda é extremamente estranha, pois é curta para um dinossauro e a metade posterior é envolta em ossos dérmicos (ossos que crescem na pele) formando uma arma única (cauda)”, disse Sergio Soto Acuña, principal autor do estudo e doutoranda na Universidad de Chile.

Paleontólogo chileno Sergio Soto foi o principal autor do estudo / Cortesia Sergio SotoEle disse que se parecia com a cauda de uma cascavel ou lagarto de cauda espinhosa. Mas, ao contrário dessas criaturas, o dinossauro possuía ossos verdadeiros sob as escamas. A característica mais semelhante seria a cauda de um tatu-canastra, mas eles também estão extintos, acrescentou.

Stegouros, que significa “cauda coberta” em grego e “elenggassen”, vem de Aonikenk, a língua dos habitantes originais da Patagônia, e se refere a uma fera mitológica com armadura. O fóssil foi encontrado em 2018.

O estudo observou que poucos anquilossauros foram encontrados no sul de Gondwana – a parte inferior do antigo supercontinente Pangéia.

“Ao contrário dos anquilossauros do hemisfério norte, nosso novo dinossauro possui armadura leve, pernas delgadas e um tamanho menor”, disse ele.

As plantas fossilizadas descobertas na mesma região indicam que o clima era mais quente quando este dinossauro habitava o local – muito diferente do atual clima frio que prevalece na Patagônia.

(Texto traduzido, leia original em inglês aqui)

Mais Recentes da CNN