Destilados brasileiros levam medalhas de ouro e prata em competição internacional

Entre gins e licor, London Spirits Competition premiou 16 bebidas nacionais; medalhas de bronze também foram distribuídas

London Spirits Competition reúne bartenders e mixologistas entre os juízes; mais de duas mil marcas participaram da premiação neste ano
London Spirits Competition reúne bartenders e mixologistas entre os juízes; mais de duas mil marcas participaram da premiação neste ano Divulgação

CNN Viagem & Gastronomiado Viagem & Gastronomia São Paulo, SP

Depois de cheirar, girar, degustar e cuspir milhares de exemplares de destilados, o painel de juízes da premiação London Spirits Competition deu medalhas de ouro, prata e cobre para 16 produtos brasileiros.

Os resultados da sexta edição da competição, que neste ano teve mais de duas mil marcas participantes de mais de 80 países, foram revelados no fim de março em evento em Londres.

Dos rótulos nacionais, quem levou a medalha de ouro foi o Ivaí Gin Seriguela, da Destilaria Água da Glória, em São João do Ivaí, no norte do Paraná. O gin brasileiro ficou com 91 pontos – para levar uma medalha de ouro é necessário ter mais de 90 pontos, em que a competição ranqueia os destilados até 100.

A marca também levou para casa medalhas de prata e bronze com os gins: Hibisco e Lichia (89 pontos); Abacaxi e Maracujá (88); Tangerina e Gengibre (85); London Dry (78) e Framboesa e Limão (68).

A medalha de prata tem pontos entre 76 e 89, já a categoria bronze tem pontuação entre 65 e 75.

Outros rótulos de gin que trouxeram medalhas de prata para o Brasil foram: o carioca Arpo Gin (86 pontos) e os paulistas Bates Secret (82), Jardim Botânico (82), Bates Secret Expresso (80) e Bates Gin (78).

Entre os rótulos de gin que trouxeram medalhas de bronze estão: o capixaba Sanctvm London Dry Gin (73) e os paulistas Mcqueen and the Violet Fog Ultraviolet Edition (73); Mcqueen and the Violet Fog (68) e Degas London Dry Gin (67).

O único licor brasileiro entre os premiados foi o Grand Arthurium, com 72 pontos, de doce leite, produzido no município de Sete Lagoas, em Minas Gerais.

Painel de juízes experimentam e julgam destilados do mundo inteiro no 2023 London Spirits Competition / Divulgação

Critérios e votação

Os destilados são julgados com base em três critérios: qualidade, valor e embalagem. A competição visa reconhecer, recompensar e ajudar a promover marcas que preencham tais requisitos.

O painel de juízes é formado por head bartenders, gerentes, consultores, mixologistas e compradores mundiais de destilados.

Neste ano, a Austrália foi o país que mais teve entradas: foram julgadas ao todo 367 bebidas do país, seguido por 303 produtos do Reino Unido e 138 dos Estados Unidos.

Ao todo, 695 rótulos de gins entraram na competição, destilado que mais teve participação entre as outras bebidas. Em segundo lugar veio o rum e em terceiro o whiskey.

A edição de 2023 do London Spirits Competition ocorreu entre os dias 22, 23 e 24 de março na St. Mary’s Church, no bairro de Marylebone, em Londres.

Clique aqui para conhecer todos os ganhadores.