Grotta Cucina chega aos Jardins, em SP, com pratos artesanais italianos

Casa se inspirou nas Grutas de Castellana, no sul da Itália, e promete trazer referências não apenas no menu, mas também na decoração e ambientação

Grotta Cucina abre com proposta de uma gastronomia fusionada, com novas interpretações de pratos clássicos
Grotta Cucina abre com proposta de uma gastronomia fusionada, com novas interpretações de pratos clássicos Pedro Shuter

Tina Binido Viagem & Gastronomia

O restaurante Grotta Cucina, localizado nos Jardins, região nobre de São Paulo, será aberto oficialmente na próxima terça-feira (18) com foco na gastronomia artesanal italiana.

A inspiração para a nova casa surgiu das Grutas de Castellana, complexo localizado perto de Bari, capital da Puglia, na Itália. Como o caminho para explorar uma gruta é cheio de experiências únicas, despertando diferentes sentidos e surpreendendo-se com o que é encontrado à frente, a casa pretende trazer essa analogia para sintetizar seu nome e sua proposta. Uma cozinha italiana, mas não óbvia.

Comandada pelo chef Daniel Ricciardi, o chef aposta na fusão de elementos e vertentes culinárias no menu, com pratos como A Sinfonia D’Anatra (caramelle de pato, roti e guanciale), uma massa recheada com ragu de pato e molho roti de pato.

O Omaggio, por sua vez, é um mil folhas, com presunto cru, medalhão de mignon, creme de portobello e mostarda Dijon. O paladar pode até ser conhecido, mas a apresentação do prato colorido promete surpreender.

OMAGGIO GROTTA CUCINA
Omaggio: mil folhas, com presunto cru, medalhão de mignon, creme de portobello e mostarda Dijon / Pedro Shuter

O risotto com robalo, outra pedida das mesas italianas, ganha nova interpretação nas mãos do chef. Sai o peixe de água salgada e entra o pirarucu, com crosta de castanhas brasileiras. O prato batizado de Natale ainda evoca a brasilidade com uma espuma de pequi. Entre as sobremesas, promete se destacar o Tiramisù que, em vez de Marsala, leva Baileys.

Entre os sócios da Grotta Cucina estão os gestores e administradores Bruno Furlanetto e Fabian Meyer. Ambos eram clientes do chef Daniel e apostaram no negócio depois de serem atendidos diversas vezes por ele, tanto no delivery gourmet como no serviço de personal chef.

Subsolo simula interior de gruta

Ambiente do novo Grotta Cucina
Ambiente do novo Grotta Cucina / Pedro Shuter

A casa tem três andares, com 57 lugares distribuídos em dois deles. Na abertura do Grotta, apenas o térreo e o subsolo estarão acessíveis — o rooftop deve abrir apenas no verão, para eventos e grupos fechados. No térreo fica o salão principal, com uma bancada aberta, para que o chef finalize os pratos na frente dos frequentadores.

No andar inferior, o espaço batizado de grotta ganha pedras naturais e simula o ambiente de uma gruta. A área vai permitir a realização de eventos privados, sem afetar o funcionamento do salão no dia a dia, que será mantido aberto para o público.

Grotta Cucina: Rua José Maria Lisboa, 257, Jardim Paulista / Funcionamento:  segunda a quinta, das 12h às 15h e das 19h às 23h; sexta e sábado, das 12h às 15h e das 19h às 00h; domingo, das 12h às 16h30 /
WhatsApp: +55 11 91200-2325