Semana Gastronômica dos Vinhos da Península de Setúbal acontece pela primeira vez no Brasil

Restaurantes renomados do RJ e SP harmonizarão seus principais pratos com os vinhos de uma das regiões mais tradicionais de Portugal, a Península de Setúbal

Salada Tabbouleh do Le Jardin, no Rosewood Hotel, em São Paulo
Salada Tabbouleh do Le Jardin, no Rosewood Hotel, em São Paulo Divulgação

CNN Viagem & Gastronomiado Viagem & Gastronomia

As capitais do Rio de Janeiro e de São Paulo são palcos da primeira ‘Semana Gastronômica dos Vinhos da Península de Setúbal’ promovido pela Comissão Vitivinícola Regional da Península de Setúbal (CVRPS).

Restaurantes renomados das duas capitais, com gastronomia italiana, portuguesa, brasileira e francesa, vão harmonizar seus principais pratos com os vinhos de uma das regiões mais antigas e tradicionais de Portugal, a Península de Setúbal.

“A ideia surgiu para brindar à região e dar a oportunidade para que mais pessoas conheçam e experimentem seus vinhos. Daí nasceu a ideia de promover, pela primeira vez no Brasil, a Semana Gastronômica dos Vinhos da Península de Setúbal, trazendo como tema: Os vinhos de Setúbal harmonizam com a gastronomia mundial”, conta Andreia Lucas, uma das responsáveis pelo departamento de promoção da CVRPS.

Serão mais de dez restaurantes participantes que vão harmonizar pratos que são carros chefe da casa com os vinhos portugueses. No Rio de Janeiro, Mercearia da Praça, Didier e Rancho Português, em Ipanema, Adega Santiago, na Barra da Tijuca, e Il Leone, Tasca da Mercearia e Assunção, em Botafogo, foram os escolhidos.

Já em São Paulo, os comensais poderão provar os vinhos na Adega Santiago, no Shops Jardim, Taberna 474, no Jardim Paulistano, Rosewood, na Bela Vista, nas três unidades do Rancho Português na Vila Olímpia, Mairiporã e Cordeirópolis, e também no Chiado, em Moema.

Para que todos degustem os vinhos disponíveis na semana de gastronomia, os restaurantes participantes darão de cortesia uma taça da bebida, que tem entre as opções tinto, rosé, branco e moscatel.

E, caso o cliente goste, poderá adquirir a garrafa em uma carta de vinhos dedicada à ação, já com sugestão de harmonização feita pelo chef ou sommelier.

As casas receberão rótulos de dez vinícolas da região de Setúbal. Entre os produtores, nomes como: José Maria da Fonseca, Adega de Pegões, Ermelinda Freitas, Adega Fernão Pó Winery, Bacalhôa, Sociedade vinicola de Palmela, Quinta do Piloto, Herdade da Gâmbia, Adega de Palmela e Cadeado Wine.

Henrique Soares, presidente da CVRPS, conta que a Península de Setúbal é uma das regiões mais antigas e tradicionais de Portugal e conhecida pelos solos arenosos, pela imensa costa e influência atlântica da região, além da qualidade dos produtores e das suas três principais uvas – Castelão, Moscatel de Setúbal e Fernão Pires.

“Da Península de Setúbal saem alguns dos melhores vinhos portugueses, cuja qualidade se firmou a partir de uma biodiversidade riquíssima. Nenhuma outra região de Portugal tem tantas diferenças geográficas, com a existência de planícies, serras e encostas, além dos Rios Sado e Tejo e a proximidade com o oceano Atlântico”, fala Henrique.

Para dar água na boca, os restaurantes participantes escolheram alguns pratos ideais para harmonização, e bacalhau, carnes, massas e risotos estão entre as escolhas. Na capital carioca, os clientes vão poder experimentar Arroz de pato (R$168), carro-chefe do Rancho Português e também Polvo e Lula grelhados, acompanhado de risoto de brócolis (R$118) do II Leone, por exemplo.

O Chef Didier Labbé, do restaurante Didier, em Ipanema, escolheu itens clássicos do menu da casa como o Mille-feuilles – massa folhada, gorgonzola, fatias de pêra, balsâmico, geleia de pimenta e brotos (R$59) que será harmonizado com o vinho branco Adega de Pegões, colheita selecionada 2021, da vinícola Adega de Pegões. Na Tasca da Mercearia, Gambas al Ajillo (R$49,90) e Bacalhau à Lagareiro (R$119,90) farão a harmonização perfeita com os vinhos de Setúbal.

Arroz de frutos do mar do Taberna 474 / Thays Bittar

Já em São Paulo, quem for até o Chiado vai poder experimentar o Bacalhau à Madeirense – posta grelhada vai ao forno com cebola, alho, batata ao murro, pimentões das 3 cores, ovo cozido, tomate e brócolis (R$168 – 1 pessoa/ R$310 – 2 pessoas), com um dos deliciosos vinhos de Setúbal. Na Adega Asador, Arroz de pato (R$101) e Vieira na concha (R$31) fazem parte da seleção. No Taberna 474, Arroz de frutos do mar (R$133) está entre as opções. Quem for até uma das unidades do Rancho Português poderá harmonizar os vinhos de Setúbal com Polvo à Provençal (R$140) e Bacalhau à Gomes de Sá (R$371).

No Le Jardin, do hotel Rosewood, estão entre as opções Salada tabbouleh – tomates orgânicos, pepino, melão, frutas do bosque, quinoa, pistache (R$75); a Charcuterie – picles caseiro, compota de tomate, pão sueco (R$120); e o Polvo grelhado com cavatelli artesanal, cogumelos salteados e edamame (R$135) para degustar com os vinhos de Setúbal.

Semana Gastronômica dos Vinhos da Península de Setúbal: Do dia 24 ao dia 30 de abril, no Rio de Janeiro, e do dia 1° ao dia 7 de maio, em São Paulo / Mais informações no site oficial do evento: https://vinhosdapeninsuladesetubal.org/