Onde comer em Palermo, polo gastronômico em Buenos Aires

Bairro de clima despojado reúne interessantes bares e restaurantes; Fred Sabbag indica cinco endereços para conhecer - e se esbaldar - nesta área da capital argentina

Palermo conta com restaurantes, bares e lojas de moda, se colocando como um importante polo social e cultural da capital argentina
Palermo conta com restaurantes, bares e lojas de moda, se colocando como um importante polo social e cultural da capital argentina Jeremy Stewardson/Unsplash

Fred Sabbagcolaboração para o Viagem & Gastronomia Buenos Aires, Argentina

Antes de começar este texto, farei um aviso aos leitores. Originalmente não fui para a Argentina – de onde voltei recentemente – para comer.

São-paulino que sou, fui acompanhar a final da Copa Sulamericana em Córdoba, que fica a aproximadamente 700 km da capital Buenos Aires.

Ocorre que, como todos devem saber, o jogo foi decepcionante e precisei afogar as mágoas com o que mais gosto de fazer para lamentar o vice-campeonato: a solução foi dirigir toda essa distância e aproveitar Palermo, bairro de que mais gosto em Buenos Aires, comendo e bebendo do jeito que mereço (ou acho que mereço) nas 24 horas que me restavam em território argentino.

Eu bem que poderia ir a lugares que já conhecia e que aqui merecem menção honrosa, tais como Don Julio, Mishiguene, Elena, La Cabrera e La Brigada.

Porém, optei por “ticar” da minha interminável lista da capital argentina alguns lugares que desejava zerar o cardápio ou conhecer.

Daí que, no texto de hoje, trago novos lugares que visitei em Buenos Aires no bairro de Palermo.

Espero, de verdade, que possam conhecê-los em breve – e que gostem! Gracias, mi Buenos Aires querido (parafraseando Carlos Gardel e Alfredo Le Pera)!

La Carniceria

Corte de parrila é imperdível como prato principal no La Carniceria / Fred Sabbag

Parrilla com oito anos de existência e com serviço informal nas suas poucas mesas, o La Carniceria serve carnes advindas de fazendas da família de um dos proprietários.

É, sem dúvida e de longe, uma das parrillas que mais me fizeram feliz em Buenos Aires dentre as diversas que existem e que já fui.

Dentre as opções do cardápio, destaco como imperdíveis os chinchulines e as mollejas de entrada, e o corte parrilla como principal. De sobremesa, vale experimentar uma leche asada – espécie de pudim de leite que é receita da família.

Thames 2317, Palermo, Buenos Aires / Tel.: +54 2071 -7199 / Horário de funcionamento: segunda-feira a sexta-feira das 20h à 0h; sábados e domingos das 13h às 17h e das 20h à 0h.

Niño Gordo

Niño Gordo se intitula como parrilla asiática e contém preparos caprichados, como o tataki de bife com gema, wasabi e shisô / Fred Sabbag

Diversos dos itens do cardápio do Niño Gordo podem ser vistos nas centenas de parrillas existentes na cidade. Porém, o restaurante é único porque, por ser uma parrilla asiática, contém preparos inusitados (e excelentes) que mesclam a culinária local com pratos coreanos, chineses, vietnamitas e tailandeses.

A título de exemplo, molejas são acompanhadas de chilli, missô e milho; o bife de chorizo é servido com arroz, wakame e molho ssamjang, dentre os diversos pratos que comi.

Merecem destaque também o karaage, os baos com pancetta e o tataki de bife.

Thames 1810, Palermo, Buenos Aires / Tel.: +54 2129-5028 / Horário de funcionamento: segunda-feira a sexta-feira das 20h à 0h e aos sábados e domingos das 13h às 17h e das 20h à 0h.

Oli café

Movimentado e jovem, Oli serve refeições ao longo do dia, inclusive café da manhã e brunch / Fred Sabbag

O Oli é um “café-padaria-confeitaria-delicatessen” aberto há aproximadamente um ano que poderia estar em qualquer grande cidade do mundo, mas é talvez o lugar que mais represente o que é atualmente Palermo.

É moderno, jovem, movimentado (as filas na porta aos finais de semana entregam isso), com uma comida deliciosa com ingredientes preparados quase todos no local.

O menu contém itens de café da manhã, brunch e pratos que podem ser pedidos durante todo o dia. Os destaques foram as incríveis medialunas, o sanduíche de pastrame, o gravlax de truta e os pepinos com iogurte e sumac.

Costa Rica 6020, Palermo, Buenos Aires / WhatsApp: +54 5099-7146 / Horário de funcionamento: quarta-feira a segunda das 9h às 19h.

Obrador Florida

Obrador Florida possui sabores de sorvete sazonais que utilizam sementes, folhas e caules / Fred Sabbag

Aberto em março deste ano, o Obrador Florida é uma sorveteria com sabores sazonais e que tem como objetivo aproveitar 100% dos ingredientes sem desperdício (semente, caule, raiz, fruto, entre outros). É mais um lugar que vem fazendo sucesso e cujas filas entregam isso.

Em razão da sazonalidade, muitas vezes respeitando a estação do ano, é possível que os sabores que provei não estejam mais disponíveis quando das visitas dos leitores. Os destaques foram pomelo branco, creme de gengibre, limão e tangerina fermentada.

Soler 5063, Palermo, Buenos Aires / Horário de funcionamento: quarta-feira a domingo das 15h às 23h.

Tres Monos

Animese al Japonés leva cumaru, maçã, sabugueiro, saquê e vodka, drinque é servido em copo de Pokémon/ Fred Sabbag

Aberto em 2019 e por três anos presente no ranking de melhores bares do mundo segundo o 50 Best Bars (em 2020 no 85º lugar, em 2021 no 33º lugar e em 2022 no 27º lugar), o Tres Monos serve ótimos coquetéis em uma esquina movimentada do bairro.

Com serviço informal e apresentação dos drinques autorais de forma inusitada (caso do Animese al Japonés, que é servido em um copo de Pokémon), é um lugar imperdível como passagem ou destino.

Guatemala 4899, Palermo, Buenos Aires / Tel.: +54 2896-9457 / Horário de funcionamento: domingo a quarta-feira das 13h às 2h; quinta-feira a sábado das 13h às 3h.

Sobre Fred Sabbag

Fred Sabbag
O advogado e entusiasta gastronômico Fred Sabbag, que conta com milhares de seguidores no Instagram / Acervo pessoal

Fred Sabbag é advogado por profissão, mas, no tempo livre, nada de processos ou trâmites judiciais: uma de suas maiores paixões é frequentar bares e restaurantes. O hábito rendeu-lhe inúmeros seguidores no Instagram (@fredsabbag) e o tornou um personagem importante da gastronomia em São Paulo.

*Os textos publicados pelos Insiders não refletem, necessariamente, a opinião do CNN Viagem & Gastronomia.