Volta ao mundo em navio luxuoso pode sair por mais de R$ 8,6 milhões

Viagem marcada para 2027 passa por 40 países em 140 noites e possui estoque de mais de cinco toneladas de lagosta

Navio Seven Seas Splendor tem capacidade para 746 hóspedes em 373 suítes
Navio Seven Seas Splendor tem capacidade para 746 hóspedes em 373 suítes Pete Barrett

CNN Viagem & Gastronomiado Viagem & Gastronomia

A linha de cruzeiros de luxo Regent Seven Seas Cruises anunciou uma viagem de volta ao mundo de 140 noites com preços entre US$ 91.499 e US$ 1,7 milhão, ou seja, um valor entre R$ 462 mil e R$ 8,6 milhões.

O início da viagem está marcado para 11 de janeiro de 2027 a bordo do navio Seven Seas Splendor, um dos mais novos da companhia, lançado em 2020.

A saída será do porto de Miami e a volta será em Nova York, nos Estados Unidos. Ao todo, os viajantes percorrerão 40 países em seis continentes, incluindo 14 pernoites e mais de 480 passeios terrestres e visita a 73 Patrimônios da Unesco, incluindo locais no Panamá, em Singapura, na Índia e na Espanha.

O caminho será preenchido por três oceanos e 71 portos de escala no Caribe, Ilhas do Pacífico, Austrália, Nova Zelândia, Ásia, África e Europa.

O navio tem capacidade para 746 hóspedes em 373 suítes, divididas em 15 categorias. As tarifas para a viagem com tudo incluído começam em US$ 91.499 por passageiro na Suíte Veranda, de 28,5 m². Os preços podem chegar a US$ 1,7 milhão para duas pessoas na Suíte Regent, a maior e mais suntuosa da embarcação, com 412 m².

O navio

O Seven Seas Splendor faz parte da linha Explorer da empresa e possui 224 metros de comprimento, 31 metros de largura e 55.498 toneladas. Além dos hóspedes, são 548 tripulantes. A embarcação é uma verdadeira joia dos mares, já que possui uma coleção de arte avaliada em mais de US$ 5 milhões (mais de R$ 25 milhões) e ostenta mais de 500 lustres de cristal.

Há nove opções gastronômicas, uma cozinha com 18 estações para aulas de culinária gourmet e um spa com tratamentos exclusivos.

Para a viagem de volta ao mundo, a companhia divulgou algumas quantidades de comidas necessárias para os 140 dias a bordo:

  • 5.896 kg de lagosta
  • 68 kg de caviar
  • 6.350 kg de filé mignon
  • 1.632 kg de salmão defumado
  • 1.900 kg de chocolates
  • 58 mil garrafas de 200 variedades de vinho
  • 14 mil garrafas de champanhe

A Suíte Regent

O valor mais alto para a viagem de volta ao mundo no navio é o da Suíte Regent, a maior e mais luxuosa da embarcação. Situada no 14º convés, são 120 m² de varanda e um solário envidraçado.

Seu interior de 412 m² abriga sala de estar, sala de jantar e até um spa privativo com direito a saunas e jacuzzi. Entre as decorações há obras originais de Picasso nas paredes e um piano. No quarto, um conjunto de colchões e camas é avaliado em mais de US$ 200 mil, valor que passa R$ 1 milhão.

Os hóspedes da suíte possuem acesso a um mordomo dedicado, bar completo, carro particular e motorista em todos os portos.

As reservas para a viagem a bordo do Seven Seas Splendor em 2027 abrem já no próximo dia 10 de abril, com pré-inscrições pelo link.

Vale relembrar que a companhia Regent Seven Seas Cruises possui outras viagens de volta ao mundo marcadas para o futuro, como a que ocorrerá em 2025 em cinco continentes por cinco meses a que acontecerá em 2026 por 41 países em uma viagem de 154 dias.