Amazon, Apple, Facebook e Google podem ser multados em 10% da receita anual

Se violarem regras da UE: como os gatekeepers digitais podem ou não fazer para garantir igualdade de condições para usuários e concorrentes

Por Foo Yun Chee, da Reuters
14 de dezembro de 2020 às 17:18
Logotipos da Amazon, Apple, Facebook e Google
Foto: Reuters

Gigantes da tecnologia que controlam o acesso e os dados de suas plataformas podem ser multadas em até 10% de sua receita anual se violarem regras que visam restringir seu poder, disse uma pessoa com conhecimento do assunto nesta segunda-feira, (14).

As regras propostas, a serem anunciadas na terça-feira pelo chefe digital da UE Thierry Breton e pela comissária antitruste, Margrethe Vestager, provavelmente afetarão a Amazon, Apple, Facebook e Google, da Alphabet.

Leia também: 
Serviços do Google são restaurados após interrupção global
Gmail, Google Drive e YouTube apresentam instabilidade

Conhecidas como Digital Markets Act, as regras definem coisas que os gatekeepers digitais podem ou não fazer para garantir igualdade de condições para usuários e concorrentes.

Isso pode exigir que as empresas dominantes compartilhem certos tipos de dados com rivais e reguladores, enquanto práticas como empresas que favorecem seus próprios serviços podem ser proibidas.

O projeto das novas leis, que precisará de feedback dos países da UE e do Parlamento Europeu, ainda pode ser modificado antes de ser apresentado na terça-feira.

A Bloomberg foi a primeira a relatar sobre a multa de 10% por violações.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook