Receita do Baidu fica acima do esperado com inteligência artificial e nuvem

A empresa disse que a receita total aumentou 25%, para 28,13 bilhões de iuanes (US$ 4,38 bilhões) no primeiro trimestre

Eva Mathews e Yingzhi Yang, da Reuters
18 de maio de 2021 às 11:28 | Atualizado 18 de maio de 2021 às 12:04
Baidu
Foto: Reuters/Tingshu Wang

O Baidu reportou nesta terça-feira (18) receita trimestral acima das estimativas de Wall Street, conforme a empresa chinesa reforçou seus serviços de nuvem e inteligência artificial para afastar a concorrência no setor de publicidade.

A gigante de tecnologia com sede em Pequim diversificou suas fontes de receita, expandindo seus serviços em nuvem, inteligência artificial e pegada de tecnologia de transporte inteligente, enquanto a competição para vendas de publicidade aumentou com os gigantes locais Alibaba e ByteDance.

A empresa disse que a receita total aumentou 25%, para 28,13 bilhões de iuanes (US$ 4,38 bilhões) no primeiro trimestre, impulsionada em parte pelo crescimento de 70% ano a ano na receita de seus produtos não publicitários, que incluem o negócio de nuvem.

Analistas esperavam, em média, uma receita de 27,25 bilhões de iuanes, segundo dados IBES da Refinitiv.

A receita de publicidade online do Baidu atingiu 16,3 bilhões de iuanes, um aumento de 27% em comparação com o mesmo período do ano anterior, quando a companhia teve prejuízo operacional por medidas de lockdown relacionadas à pandemia de Covid no país.

O Baidu App acumulou 558 milhões de usuários ativos mensais em março.

Excluindo itens, o lucro do Baidu somou 12,38 iuanes por American Depository Share (ADS), acima das estimativas de Wall Street de 10,75 iuanes.