Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Dólar recua a R$ 4,87 após dados da inflação no Brasil e nos EUA; Ibovespa fecha estável

    Preços ao consumidor fecharam em altas de 4,62% no Brasil e 3,4% nos EUA

    Por volta das 12h, a bolsa paulista caía 0,59%, a 130.064,02 pontos
    Por volta das 12h, a bolsa paulista caía 0,59%, a 130.064,02 pontos Paulo Whitaker/Reuters

    Da CNN*

    O Ibovespa fechou praticamente estável nesta quinta-feira (11) depois de um pregão volátil, com dados de inflação acima das expectativas no Brasil e nos Estados Unidos.

    O índice de referência do mercado acionário brasileiro teve variação negativa de 0,05%, a 130.648,75 pontos, tendo oscilado entre a mínima de 129.897,76 pontos e a máxima de 131.307,69 pontos durante a sessão.

    De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 0,56% em dezembro, fechando o ano com alta acumulada de 4,62%.

    Apesar de a variação ter vindo acima das expectativas, a inflação fechou o ano abaixo do teto da meta do governo. O alvo era de 3,25%, com margem de 1,5 ponto percentual.

    Já nos Estados Unidos, Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês) subiu 0,3% em dezembro, fechando o ano em alta de 3,4%.

    O dólar à vista fechou em baixa pelo segundo dia consecutivo, com investidores desmontando posições defensivas no mercado de câmbio.

    Paralelamente, o Banco Central (BC) não divulgou no início da tarde, como de costume, o fechamento da taxa de câmbio Ptax, o que prejudicava os negócios no Brasil, segundo operadores.

    A moeda americana terminou o dia cotada a R$ 4,8755 na venda, em queda de 0,34%. Em janeiro, o dólar acumula alta de 0,49%.

    “Mês de dezembro tem uma pressão dos alimentos, houve também pressão de passagens aéreas, então imagina-se que a moderação inflacionária no Brasil mantenha o seu curso a partir do mês de janeiro, de forma que não interfira na estratégia do Banco Central de continuar os cortes da taxa Selic” no ritmo atual de 0,50 ponto percentual por reunião, disse Leonel Mattos, analista de inteligência de mercados da StoneX.

    Já os números norte-americanos eram aguardados uma vez que podem dar sinais sobre a trajetória da política monetária do Federal Reserve, o banco central dos EUA.

    “A composição geral do índice, que traz mais informações sobre a dinâmica do processo desinflacionário em curso no país, tem grande potencial de movimentar os mercados em caso de surpresas, principalmente tendo em vista a bateria mista de dados de mercado de trabalho publicados na semana passada”, disse a Guide Investimentos em relatório a clientes.

    Na véspera, o Ibovespa fechou em queda de 0,49%, aos 130.841,09 pontos. Já o dólar, encerrou cotado a R$ 4,8919, em baixa de 0,3%.

    *Com informações de Reuters