Lollapalooza Chicago vai ser retomado em 2021, com edição em julho e agosto

Vacinação e queda dos casos renovam as esperanças da indústria do entretenimento, que sofreu muitas perdas em 2020

Omar Jimenez, da CNN
18 de maio de 2021 às 14:40
Lollapalooza Chicago
Show da cantora Ariana Grande no Lollapalooza Chicago em 2019
Foto: Kevin Mazur/Getty Images for AG

O Lollapalooza, famoso festival de música de Chicago, está de volta ainda em 2021, com capacidade total no mês de julho, anunciou a cidade em um comunicado nesta terça-feira (18).

Para conseguir entrar nos shows, os participantes devem estar totalmente vacinados e os não vacinados devem apresentar um teste Covid-19 negativo antes de comparecer ao festival.

“Aqui em Chicago, a palavra ‘Lollapalooza’ sempre foi sinônimo de verão, boa música e quatro dias de diversão inesquecível – o que tornou a decisão do ano passado de adiá-la ainda mais difícil”, disse o prefeito de Chicago, Lori Lightfoot, no comunicado, fazendo referência ao cancelamento do evento em 2020 em decorrência da pandemia.

 

“Agora, menos de um ano depois e armados com uma vacina que é segura, eficaz e amplamente disponível, podemos trazer de volta um dos festivais de música de verão mais icônicos de nossa cidade", acrescentou Lightfoot.

 

(Texto traduzido. Leia o original em inglês).