Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Alcione e Elza Soares: veja referências do álbum de estreia de Gina Garcia

    Duas músicas ("Meu Anjo" e "Respeito É Bom", com Preta Gil e Erika Hilton) já foram lançadas pela mãe de Gloria Groove

    Gina Garcia, mãe de Gloria Groove, lançará seu álbum de estreia chamado "Tô Pronta"
    Gina Garcia, mãe de Gloria Groove, lançará seu álbum de estreia chamado "Tô Pronta" Reprodução/Instagram

    Flávio Ismerimda CNN

    São Paulo

    A cantora Gina Garcia listou, em entrevista à CNN, quais foram as referências usadas por ela para construir “Tô Pronta”, seu álbum de estreia. A mãe de Gloria Groove está se lançando em carreira solo após trabalhar por mais de 25 anos como cantora da noite e backing vocal de nomes como o Raça Negra.

    Apesar de o álbum ainda não ter data de estreia confirmada, duas músicas do disco já foram lançadas: “Meu Anjo” e “Respeito É Bom”. A primeira é uma colaboração com Gloria Groove e nasceu de uma história da infância da drag queen; a segunda é uma mensagem de apoio à comunidade LGBT+ e conta com a participação da deputada federal Erika Hilton (PSOL-SP), Preta Gil e Liniker.

    À CNN, Gina contou que se inspirou, sobretudo, no trabalho de Alcione e Elza Soares, duas mulheres que fizeram muito sucesso no gênero que ela escolheu trabalhar em seu álbum de estreia: o samba.

    “Pude conhecer Elza de perto e ela era uma enciclopédia não só de conhecimento, como de história, representatividade. A história dela é uma coisa que mexe muito com a gente. Alcione não dá nem para falar, né? No samba, a gente fica constrangido de falar isso, de magoar as outras pessoas. Mas, para mim, Alcione, no samba ela é rainha”, explicou a cantora.

    Ela chegou a trabalhar como backing vocal, ao lado de Gloria Groove, em uma turnê de 2015 que Elza Soares fez ao lado de Mitch Winehouse, pai de Amy Winehouse.

    Além das duas citadas, Gina Garcia revelou que pretende resgatar o trabalho de outras mulheres que fizeram história no samba, como Clara Nunes, Jovelina Pérola Negra e a deputada estadual Leci Brandão (PCdoB-SP). Na entrevista, a cantora citou ainda nomes como Roberto Ribeiro, Emília Santiago e Originais do Samba.

    “As minhas referências do que eu estou fazendo no meu trabalho são de Alcione para trás”, define.

    Ela adiantou também que regravou, para seu álbum de estreia, ao lado de Gloria Groove, uma música de Elis Regina. Gina lista a cantora como uma de suas referências, ao lado de Milton Nascimento, Chico Buarque, Djavan, Simone, Zizi Possi, Gal Costa e Maria Bethânia.

    “[Elis] é referência para a gente, ela é top no mercado. Não tem quem não goste. Ela não tem um defeito. Se tiver, é imperceptível, a gente não sabe”, disse.

    Escolas de samba são reconhecidas por lei como patrimônio cultural