Arnold Schwarzenegger se envolve em acidente de carro em Los Angeles

Porta-voz do ator disse que ele está bem e "sua única preocupação neste momento é a mulher que foi ferida"

Arnold Schwarzenegger em aparição em setembro deste ano, na Alemanha
Arnold Schwarzenegger em aparição em setembro deste ano, na Alemanha Getty Images

Melissa Alonsoda CNN

Ouvir notícia

O ator e ex-governador da Califórnia Arnold Schwarzenegger esteve envolvido em um acidente com vários veículos na noite de sexta-feira (21) em Los Angeles.

Um representante do ator disse à revista People que ele não foi ferido. “Ele está bem, sua única preocupação neste momento é a mulher que foi ferida”, disse.

O acidente aconteceu por volta das 16h35 (hora local) no West Sunset Boulevard e na Avenida Allenford, disse o Departamento de Polícia de Los Angeles em um comunicado à imprensa.

“Quando os policiais da área oeste de L.A. chegaram ao local, foi determinado que quatro veículos estavam envolvidos”, disse a polícia.

Uma mulher foi levada a um hospital para uma escoriação em sua cabeça, disse a polícia de Los Angeles.

“Nem álcool nem drogas são suspeitos como fator nesta colisão”. Todas as partes permaneceram no local”, disse a polícia de Los Angeles.

A CNN procurou os representantes de Schwarzenegger para comentários.

Schwarzenegger, 74 anos, concorreu a governador como republicano e ganhou em 2003, destituindo o governador democrata Gov. Gray Davis.

O ator que virou político, o mais recente membro do Partido Republicano a liderar o estado, foi reeleito como governador em 2006 e deixou o cargo em 2011. Ele foi a única pessoa na história da Califórnia a ganhar uma corrida governamental em uma eleição de reeleição.

O astro do cinema, nascido na Áustria, mudou-se em 1968 para os EUA, onde prosperou como fisiculturista e ator, vencendo as competições Mr. World.

Ele também conseguiu os papéis principais nos filmes “Conan, o Bárbaro”, “O Exterminador do Futuro” e “Total Recall”.

Depois que ele deixou o governo, o ator ainda falou sobre o clima político, expressando grande preocupação com a insurreição no Capitólio dos EUA e o partidarismo.

“Estou preocupado com ambos partidos. Os dois têm que se unir e trabalhar juntos porque não se pode ter governado o país com 50% da inteligência. Você precisa de 100% da força cerebral”, disse ele.

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN