Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    “É o Brasil do Brasil”: relembre frases marcantes do BBB24

    Final do programa acontece nesta terça-feira (16), logo após a novela "Renascer"

    Beatriz foi dona do bordão "É o Brasil do Brasil" no BBB24
    Beatriz foi dona do bordão "É o Brasil do Brasil" no BBB24 Reprodução/Beatriz Reis/Instagram

    Caroline Ferreirada CNN São Paullo

    O BBB 24 chega ao fim nesta terça-feira (16), consagrando um novo milionário. Davi, Isabelle e Matteus seguem na disputa pelo prêmio nesta temporada.

    Ao longo dos dias, os participantes protagonizaram momentos emocionantes, confissões, diversas brigas e claro, espalharam frases que rapidamente viralizaram nas redes sociais, tornando-se, inclusive, bordões.

    De “Chora, bonequinha” a “É o Brasil do Brasil”, a CNN separou abaixo as falas mais marcantes do programa. Relembre:

     

    “É o Brasil do Brasil”

    É impossível falar desta edição sem citar o bordão usado por Beatriz desde o início do confinamento.

    Durante a sua passagem pela casa, a vendedora não perdeu a oportunidade de soltar o “É o Brasil do Brasil” em diversas ocasiões, incluindo como justificativa para se manter na competição durante o primeiro paredão.

    “Calma, calabreso”

    A frase, dita por Davi, movimentou as emoções na casa. Tudo aconteceu durante uma briga com Lucas Buda, que chegou a envolver MC Bin Laden.

    O meme caiu no gosto do público e rapidamente tomou conta das redes sociais.

    “Chora, bonequinha”

    No meio de uma confusão entre Alane e Fernanda, a confeiteira simplesmente disparou para a paraense: “Quer chorar? Chora, bonequinha!”. A frase viralizou no X, antigo Twitter, ficando entre os assuntos mais comentados da rede.

    “Houve um destempero”

    No mesmo dia e já com os ânimos mais calmos, Fernanda foi contar para Giovanna Pitel, sua maior aliada na competição, sobre a briga. “Houve um destempero”, brincou ela. Nas redes sociais, os fãs se divertiram com a justificativa da ex-sister.

    “Curumim”

    A forma carinhosa que Isabelle usou com os brothers e sisters da edição também ganhou destaque na competição. Com origem tupi, a palavra designa, de forma geral, crianças indígenas.

    “Baiana cê me bagunçou”

    O trecho da música do cantor Emicida, dito por Lucas Buda para Giovanna Pitel durante uma das festas da temporada, movimentou a vida do professor carioca.

    Do lado de fora do confinamento, sua esposa entendeu o momento como um flerte, decidindo colocar um ponto final do relacionamento.