Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Carnaval 2024: Liesa nega recurso que poderia tirar nota da Viradouro

    Grande Rio, Imperatriz Leopoldinense, Mocidade e Beija-Flor pediram punição por irregularidade na comissão de frente

    Serpente da comissão de frente foi uma das surpresas do desfile campeão da Viradouro
    Serpente da comissão de frente foi uma das surpresas do desfile campeão da Viradouro Alexandre Vidal/Rio Carnaval

    Giovanna Bronzeda CNN

    em São Paulo

    A Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) disse à CNN que negou um recurso apresentado na quarta-feira (14) por quatro agremiações do grupo especial que questionavam o número de integrantes da comissão de frente da campeã do Carnaval do Rio de Janeiro 2024, a Unidos do Viradouro.

    Grande RioImperatriz LeopoldinenseMocidade e Beija-Flor fizeram um pedido de punição porque, segundo elas, escola teve uma irregularidade durante o desfile da escola de samba de Niterói.

    A regulação permite desfilar com o mínimo de 10 e o máximo de 15 integrantes visíveis nesta ala e, segundo o recurso, a Viradouro teria ultrapassado este limite.

    A Viradouro conquistou seu terceiro título na quarta-feira (14). Ela já havia vencido o Carnaval do Rio em 1997 e 2020.

    A agremiação foi a última escola a desfilar na Sapucaí na segunda noite de desfiles do RJ, que aconteceu na segunda-feira (12).

    Com o enredo “Arroboboi, Dangbé”, a Viradouro apostou no culto ao vudum serpente como trunfo. O desfile, assinado pelo carnavalesco Tarcísio Zanon, contou a história das sacerdotisas voduns, mulheres escolhidas e iniciadas em ritos de louvor à serpente sagrada.

    O segundo lugar ficou para a Imperatriz Leopoldinense, que venceu no ano passado e a Grande Rio ficou com a terceira posição.

    (Com informações de Aline Oliveira e Ana Beatriz Dias, da CNN)