Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Conheça os personagens famosos citados por Taylor Swift em novo álbum

    Cantora lançou "The Tortured Poets Department" na última semana e não fez menções apenas a ex-namorados; confira

    Clara Bow, Taylor Swift e Stevie Nicks
    Clara Bow, Taylor Swift e Stevie Nicks Bettman via Getty Images// Kevin Winter/TAS23/Getty Images for TAS Rights Management//Avalon/Getty Images

    Nicoly Bastosda CNN

    Não só de músicas sobre términos e ex-namorados vive Taylor Swift. A cantora de 34 anos, conhecida por se inspirar em seus relacionamentos para compor, também costuma citar outros tipos de relação e, inclusive, nomes famosos em suas canções. Com “The Tortured Poets Department”, seu novo álbum de estúdio, isso não foi diferente.

    Ao longo das 31 faixas liberadas na última sexta-feira (19), Taylor Swift canta, além das músicas de términos de relacionamentos amorosos, sobre o cantor Charlie Puth, a atriz “it girl” Clara Bow e poetas como Patti Smith.

    Pensando nisso, a CNN trouxe todos os nomes famosos citados diretamente por Taylor nas composições do “The Tortured Poets Department”. Confira!

    Conheça os personagens citados por Taylor Swift em novo álbum

    • Jack Antonoff

    Jack Antonoff, produtor musical que trabalha com Taylor Swift desde o álbum “1989” (2014). Além de estar creditado na produção de várias músicas do “Tortured Poets Department”, também tem seu nome vinculado diretamente na faixa título do disco.

    Em “The Tortured Poets Department”, Taylor canta “E eu disse isso ao Jack sobre você, então me senti vista. Todos que conhecemos entendem por que deveria ser, porque somos loucos. Então me diga, quem mais vai me conhecer?”.

    Jack Antonoff também é membro do grupo Bleachers.

    • Charlie Puth

    Cantor, compositor e produtor musical, Charlie Puth é mais conhecido pelos hits “See You Again”, “We Don’t Talk Anymore” e “Attention”. “Você fumou e comeu sete barras de chocolate / Declaramos que Charlie Puth deveria ser um artista maior”, canta Taylor Swift na faixa “The Tortured Poets Department”

    • Patti Smith

    Também na faixa “The Tortured Poets Department”, Taylor Swift cita a cantora, compositora, poetisa e autora americana Patti Smith, assim como o local onde ela morou, o Hotel Chelsea, em Nova York, nos Estados Unidos. Ela começou sua influência durante o movimento punk com o álbum de estreia, “Horses”, lançado em em 1975.

    Pelas redes sociais, Patti agradeceu a menção de Taylor no álbum. “Você não é o Dylan Thomas, eu não sou a Patti Smith, esse não é o Hotel Chelsea, somos idiotas modernos”, canta a estrela pop na faixa título.

    • Dylan Thomas

    Mencionado junto à Patti Smith, Dylan Thomas foi um poeta galês conhecido por obras como “Não Seja Gentil Naquela Boa Noite”. Ele também viveu no Hotel Chelsea.

    • Clara Bow

    A última música da primeira parte do “Tortured Poets Department” é intitulada “Clara Bow”. Taylor Swift se refere à famosa atriz da era do cinema mudo que também fez sucesso na carreira no cinema falado.

    Sua participação na comédia “It” (1927), já na nova era de Hollywood, foi quando ela alcançou sucesso e ficou conhecida como “It Girl” (mulheres que criam tendência). Ela foi a primeira a receber tal título.

    • Stevie Nicks

    Em “Clara Bow”, Taylor também faz menção à cantora Stevie Nicks. “Você está parecendo a Stevie Nicks em 1975, o cabelo e os lábios, a multidão enlouquece na ponta dos dedos dela”, canta a estrela pop.

    Stevie Nicks integrou a banda de rock Fletwood Mac, que teve seu auge nos anos 1970 e continua nas ativa. Batizada de “Rainha Reinante do Rock and Roll” em 1981 pela revista Rolling Stone, ela é ainda considerada um dos “100 maiores cantores de todos os Tempos” pelo veículo.

    Stevie Nicks também escreveu um poema especial para o novo álbum de Taylor, que vem em uma das edições especiais em vinil de “The Tortured Poets Department”.

    • Cassandra

    Deusa da mitologia grega, Cassandra possuía o dom de anunciar profecias nas quais ninguém acreditava. Por isso, ela era considerada “louca”.

    “Então eles mataram Cassandra primeiro / Porque ela temia o pior / E tentou contar à cidade / Então eles encheram minha cela com cobras, lamento dizer / Acreditas em mim agora?”, diz a letra de Taylor Swift.

     

    Taylor Swift é compositora mais buscada na história do Google