Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Henry Cavill relata desconforto com cenas de sexo: “Não sou fã”

    Ator de 40 anos acusou cineastas de recorrerem a uma "desculpa" ao adicionar tais cenas quando não são necessárias

    O ator Henry Cavill
    O ator Henry Cavill Reuters/Mario Anzuoni

    Bang Showbiz

    Henry Cavill opinou sobre as cenas de sexo nas produções cinematográficas.

    O ator reconheceu que momentos íntimos às vezes podem ser “ótimos” para ajudar na narrativa de filmes, mas, em última análise, a imaginação humana pode “superar” qualquer coisa retratada nas telonas, então sente que geralmente são desnecessárias.

    “Eu não as entendo, não sou fã. Acho que há circunstâncias em que uma cena de sexo é realmente benéfica para um filme, e não apenas para o público’’, começou ele em entrevista ao podcast “Happy Sad Confused”.

    “Acho que elas são usadas em demasia atualmente, e é quando você tem uma ideia de para onde está indo: ‘Isso é realmente necessário ou são apenas pessoas com menos roupas?’. E é aí que você começa a ficar mais desconfortável e reflete: ‘Não há uma performance aqui, não há um trecho que vai ser relevante para o resto do filme’’’, confessou.

    “Acho que cenas de sexo podem ser ótimas em um longa, elas podem realmente ajudar na narrativa, mas na maioria das vezes, a imaginação humana vai superar isso”, apontou o artista.

    O ator de 40 anos acusou os cineastas de recorrerem a uma “desculpa” ao adicionar tais cenas quando não são necessárias.

    “Então, pode ser um pouco uma desculpa se um programa de TV ou filme estiver cheio de corpos girando e você disser: ‘Ok, mas o que isso está fazendo por nós além da ideia de: ‘Ah, pessoa nua, ótimo’. Eu não sou fã de fazê-las’’, admitiu.