Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Corinthians volta a ter técnico argentino após quase duas décadas

    Daniel Passarella assumiu o comando do clube paulista em 2005, há quase 20 anos atrás

    Daniel Passarella foi o último técnico argentino a comandar o Corinthians antes de Ramón Díaz
    Daniel Passarella foi o último técnico argentino a comandar o Corinthians antes de Ramón Díaz Neal Simpson/EMPICS/Getty Images

    Ana Karolina Reisda CNN

    Na tarde desta quarta-feira (10), o Corinthians anunciou a contratação do treinador argentino Ramón Díaz, que estava livre no mercado após ser demitido do Vasco.

    A última vez em que um treinador argentino assumiu o comando do clube paulista foi em 2005, há quase 20 anos atrás.

    Após a demissão de Tite, Daniel Passarella se tornou técnico do Corinthians, mas teve uma breve passagem pelo clube do Parque São Jorge.

    Foram apenas 15 jogos à frente do time, resultando em menos de dois meses de trabalho. Nesse período, foram sete vitórias, quatro empates e quatro derrotas, com um aproveitamento de 56%.

    Passarella foi demitido do Corinthians após a eliminação contra o Figueirense, pela Copa do Brasil, e a derrota por 5 a 1 contra o São Paulo, no Campeonato Brasileiro.

    O comportamento explosivo, os problemas de relacionamento com os jogadores e as decisões que prejudicaram o time dentro de campo influenciaram na saída do argentino.

    Ao contrário do compatriota Ramón Díaz, que chega para livrar o clube do rebaixamento, Passarella desembarcou no Corinthians para brigar por títulos, com um elenco repleto de estrelas montado com investimento da Media Sports Investment (MSI).

    Mesmo após a saída de Passarella, o Timão se consagrou campeão brasileiro em 2005, sob o comando de Antônio Lopes, acompanhado de estrelas como Tévez e Mascherano.

    Histórico

    Daniel Passarella, considerado um dos maiores zagueiros do futebol argentino, foi ídolo do River Plate e da Seleção Argentina, pela qual foi campeão do mundo em 1978, como capitão, e bicampeão em 1986, como reserva.

    Após a aposentadoria, Passarella tornou-se técnico, comandando a Argentina na Copa do Mundo de 1998, e a Seleção do Uruguai.

    Além disso, o argentino também tem passagens pelo River Plate, Parma, Monterrey e Corinthians.


    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas