Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Multicampeão pelo Barça, Mascherano vê El Clásico como “final” em LALIGA

    À CNN, ex-companheiro de Xavi exaltou trabalho do técnico e afirmou ainda acreditar no título de LALIGA

    Javier Mascherano comemora gol de David Villa na final da Champions League de 2010/2011
    Javier Mascherano comemora gol de David Villa na final da Champions League de 2010/2011 ben radford/Corbis via Getty Images

    Juliano Passaroda CNN

    Clássico é clássico e vice-versa, mas o El Clásico de domingo (21) promete ter um caráter ainda mais forte de final de campeonato. À CNN Brasil, o argentino Javier Mascherano, multicampeão pelo Barça, disse que a partida deste fim de semana representa a última chance do clube catalão de se aproximar do rival e, consequentemente, da briga pelo título — a diferença entre eles é de oito pontos.

    “O jogo de domingo, para o Barça, é uma final e, se ganhar, pode pensar nas possibilidades de título”, afirmou Mascherano, embaixador de LALIGA.

    Contudo, o ex-volante e zagueiro, que atuou no Barcelona sob o comando de Pep Guardiola, destacou que ambas as equipes chegam para o jogo com um desgaste muito grande em razão dos jogos das quartas de final da Champions League. Nesse aspecto, segundo ele, o Barça deverá ter uma ligeira vantagem.

    “Temos que levar em conta o desgaste emocional e físico [do Real Madrid] na partida da Champions. O Barça também jogou 60 minutos com um homem a menos e teve muito desgaste, mas é sua última oportunidade de brigar até o fim por LALIGA”, disse o argentino.

    “Considerando também que o Real Madrid terá que disputar as semifinais da Champions, vai gerar muito desgaste para eles. Vai depender muito do que você vai acontecer neste final de semana”, completou.

    Faltam sete rodadas para o fim do Campeonato Espanhol, e o Real lidera com 78 pontos, contra 70 do Barça.

    Mascherano aprova o trabalho de Xavi no Barcelona

    Xavi e Mascherano possuem uma parceria de longa data. Os dois fizeram parte do melhor Barcelona da história e foram peças fundamentais na equipe de Guardiola.

    Juntos, os dois colecionaram títulos importantes como duas Champions League (2010/2011) e (2014/2015), quatro títulos de LALIGA e dois Mundiais de Clubes (2011 e 2015), entre outros.

    Xavi e Mascherano conversam durante treino do Barcelona em 2014
    Xavi e Mascherano conversam durante treino do Barcelona em 2014 / Miguel Ruiz/FC Barcelona via Getty Images

    Segundo Mascherano, o ex-companheiro e hoje técnico Xavi tem feito um bom trabalho no Barça, principalmente em relação às crias da base — a famosa La Masía.

    Temos que lembrar como chegou Xavi ao Barcelona, com muitos problemas para enfrentar. Ele conseguiu ser campeão da edição anterior de LALIGA e promoveu muitos garotos da base

    “Jogadores como Cubarsí, Lamine Yamal, Fermín, a quem ele deu oportunidades, hoje em dia são visados, jogadores que seguramente serão importantes no futuro a curto prazo no clube”, complementou o ex-volante e zagueiro do Barcelona.

    Pep Guardiola e a possibilidade de treinar o clube catalão no futuro; veja outros destaques da entrevista

    O que representa o Barcelona em sua vida? Tem intenção de voltar algum dia ao clube como treinador?
    O Barcelona foi a melhor etapa da minha carreira. A maior coisa que fiz na minha carreira foi ter jogado durante quase oito temporadas no Barcelona, o que é muito lembrado hoje em dia e que me deu a possibilidade de ter a carreira eternizada.

    Em relação a ser treinador do Barça, a verdade é que isso nunca se sabe. Obviamente que é um clube que tenho muito carinho, mas também a realidade é que é um clube muito grande e para poder chegar ali é preciso fazer as coisas muito bem por muito tempo. No momento estou começando a carreira de técnico. No futuro, veremos.

    Pep foi o melhor treinador que você já teve? Qual é o maior diferencial de Guardiola para os outros?

    O melhor treinador que tive na minha carreira é claramente o Pep, porque ele me fez ver o futebol de uma forma diferente

    É meio chato compará-lo com outros treinadores, porque tive treinadores muito bons na carreira. No geral, penso que é um treinador que, em todos os sentidos, é completo, não só taticamente, mas na forma de transmitir e fazer com que as equipes estejam sempre dando seu máximo. É um treinador muito exigente e não permite que as equipes relaxem.

    Mascherano trabalhou com Pep Guardiola no Barça
    Mascherano trabalhou com Pep Guardiola no Barça / Shaun Botterill – FIFA/FIFA via Getty Images

    Qual foi a edição de El Clásico que mais te marcou na carreira de todos os tempos em LALIGA?
    O El Clásico mais marcante foi um 4 a 0 no Bernabéu, era uma partida importante para nós. Eu joguei a primeira parte porque saí lesionado, mas foi um clássico que nós precisávamos da vitória para seguir na ponta do Campeonato.

    Outro também que me marcou foi um clássico que ganhamos no Triplete da temporada 2014/2015. Um clássico que jogamos no Camp Nou e vínhamos com praticamente o mesmo número de pontos do [Real] Madrid e a equipe que ganhasse iria terminar com uma vantagem para o resto do campeonato. Nós ganhamos por 2 a 1. Foi um clássico que nos marcou muito.

    Jogar LALIGA é diferente de outras ligas? Você jogou vários clássicos em diferentes campeonatos. El Clásico é o mais especial?
    Bem, sim, obviamente LALIGA é diferente das outras ligas, sobretudo porque tive a oportunidade de jogar em um momento em que Barça e Real Madrid eram as duas equipes mais fortes do mundo e que tinham as duas grandes figuras do mundo [Cristiano Ronaldo e Messi], uma em cada time. A realidade é que eram partidas muito intensas, com um nível muito alto.

    LALIGA é uma liga onde prevalece muito mais a técnica, onde a maioria das equipes, para não dizer 100% das equipes, tentam ser protagonistas, tentam sempre buscar o gol. Isso faz com que para o espetáculo e para os torcedores as partidas sejam muito mais atrativas.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas