Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Cruzeiro só empata com La Calera e segue sem vencer na Copa Sul-Americana

    Raposa tem três empates em três jogos

    Matheus Pareira, um dos destaques do elenco cruzeirense, teve noite apagada em Concepción, no Chile
    Matheus Pareira, um dos destaques do elenco cruzeirense, teve noite apagada em Concepción, no Chile Gustavo Aleixo/Cruzeiro

    Guilherme Piuda Itatiaia

    Em um jogo fraco tecnicamente, Cruzeiro e Unión La Calera-CHI empataram em 0 a 0, nesta terça-feira (23), no estádio Municipal, em Concepción, no Chile, pela terceira rodada do Grupo B da Copa Sul-Americana.

    Com o resultado, o Cruzeiro segue sem vencer na competição. Até aqui, o time celeste acumula três empates, dois fora de casa (Universidad Católica-EQU e La Calera) e um no Mineirão (Alianza-COL).

    O Cruzeiro fica na terceira colocação com três pontos em três partidas. A posição da equipe azul no grupo ao fim da rodada dependerá do resultado do jogo entre Universidad Católica-EQU e Alianza-COL, que se enfrentam na Colômbia.

    Vitória dos colombianos fariam o Cruzeiro ficar na última colocação. O La Calera é o segundo colocado com quatro pontos em três jogos.

    Moisés Moura como técnico

    A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) considerou Moisés Moura o treinador do Cruzeiro na partida contra o La Calera. Fernando Seabra, o atual técnico do Cruzeiro, contratado para substituir o argentino Nicolás Larcamón, assinou a súmula como preparador físico.

    A mudança oficial pela ótica da Conmebol acontece porque Fernando Seabra não tem a licença para trabalhar como treinador em competições organizadas pela Conmebol. Atualmente, o auxiliar-técnico Moisés Moura, contratado recentemente pela diretoria do Cruzeiro, pelo menos no papel, será o responsável por comandar o Cruzeiro contra o La Calera.

    Moisés tem licença Pro da Confederação Brasileira de futebol (CBF) e a licença B da UEFA.

    O primeiro tempo

    O Cruzeiro teve mais volume de jogo e passou mais tempo com a bola. A estatística na etapa inicial apontou o time celeste com mais de 64% de posse. Apesar disso, o time celeste cometia erros bobos e desperdiçava as poucas chances que criava.

    De forma impressionante, Rafael Elias perdeu um “gol feito” no começo da partida. Aos 6 minutos, na cara do goleiro Ibañez, o atacante cruzeirense se embolou todo com a bola.

    O Cruzeiro finalizou 11 vezes na etapa inicial, com o adversário tendo apenas três oportunidades. Além do lance com Rafael Elias, Álvaro Barreal também perdeu boa chance, ao chutar cruzado e a bola passar raspando à trave.

    Segundo tempo

    O segundo tempo foi na base da luta. O Cruzeiro seguia com mais volume de jogo, mas não conseguia ser efetivo. O time de Fernando Seabra ficava com a bola, mas esbarrava na marcação do La Calera.

    A segunda etapa ficou marcada pelo pênalti não assinalado a favor do Cruzeiro. Aos 14 minutos, Álvaro Barreal foi derrubado na área do La Calera. A arbitragem ignorou o lance e não marcou a penalidade.

    O comentarista de arbitragem da Itatiaia, Márcio Rezende de Freitas, comentou o lance: “Mesmo sem intenão, para mim é falta”, afirmando que marcaria o pênalti.

    O La Calera também reclamou um pênalti, aos 29 minutos, após a bola acertar João Marcelo. O juiz mandou o lance seguir, mesmo com muita reclamação dos chilenos.

    Um minuto depois, Anderson salvou o Cruzeiro com defesa providencial, ao espalmar para escanteio.

    Cruzeirenses no estádio

    O Cruzeiro jogava fora de casa, mas a presença do torcedor celeste chamou a atenção. Os cruzeirenses cantaram durante todo o jogo e apoiaram a equipe de Fernando Seabra, mesmo com o nível técnico baixo da partida.

    LA CALERA 0 X 0 CRUZEIRO

    La Calera

    Matías Ibáñez; Ferrario, Parnisiari, Bruno Romo e Esteban Matus; César Pérez, Aued, Matías Cavalleri e Hauche (Ponce); Emanuel Gigliotti (Rebolledo) e Franco Soldano. Técnico: Manuel Fernández.

    Cruzeiro

    • Anderson; Wesley Gasolina (William), Zé Ivaldo, João Marcelo, Marlon; Lucas Romero (Ramiro), José Cifuentes, Mateus Vital (Gabriel Veron) e Matheus Pereira; Álvaro Barreal (Robert) e Rafael Elias (Rafa Silva). Técnico: Fernando Seabra
    • Motivo: 3ª rodada do Grupo B da Copa Sul-Americana
    • Data e horário: 22 de abril de 2024 (terça-feira), às 19h (de Brasília)
    • Local: Estádio Municipal, em Concepción, no Chile (CHI)
    • Árbitro: Mario Díaz de Vivar (PAR)
    • Assistentes: Milciades Saldivar (PAR) e Jose Villagra (PAR)
    • VAR: Ulises Meireles (PAR)
    • Cartão amarelo: Ferrario, Aued (ULA); Rafael Elias, Rafa Silva (CRU)

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas